Atalhos

Backup de informação: a necessidade e a solução



Backup comic

A necessidade

A nossa informação digital é importante. Aliás, é tremendamente importante. Já pensou o que seria perder as suas fotos favoritas, as suas músicas predilectas ou os seus documentos, que tanto trabalho lhe deram?

Para evitar que as consequências de qualquer acidente sejam dramáticas algumas almas inteligentes inventaram os backups. Sabe, aquelas coisas que nunca nos lembramos de fazer e que pensamos que nunca vão ser precisas…

A solução

Felizmente o panorama tem vindo a melhorar e depois da minha breve análise aos backups remotos, já consegui experimentar o Mozy, que é absolutamente divinal:

  • Tem uma configuração muito simples
  • Depois de configurado, não tem de fazer mais nada, em background o próprio programa trata de fazer os backups automagicamente
  • Guarda 30 dias de versões de cada ficheiro (muito útil para aquelas situações em que nos arrependemos de ter apagado um certo parágrafo)
  • E, pasme-se, é de borla até 2GB (e custa $4,95 para uma capacidade ilimitada)
  • Ah, e funciona mesmo.

Call for action

Há outros pormenores técnicos, mas o essencial a reter é que é uma ferramenta extremamente simples e funcional – que nos permite tirar um certo peso dos ombros.

Experimente e conte-nos a sua experiência.

Para os mais cépticos, de notar que é aclamado por diversos meios da comunicação social (e.g. WSJ, NYTimes, NBC).

Última actualização: 03/12/2010

Partilhe:

2 comentários a Backup de informação: a necessidade e a solução

  1. joao Março 13, 2007 at 1:43 #

    E confias que um servidor estranho ande a guardar (com possibilidades de duplicar) ficheiros pessoais teus ? Contas, cartas em word, etc ? Eu ca nao…

  2. Pedro Pais Março 13, 2007 at 1:56 #

    Bom, em relação a isso só te posso dizer que:
    1 – As comunicações, o conteúdo e o armazenamento é cifrado (opcionalmente com uma chave que só tu conheces).
    2 – Tendo eu uma vertente tecnológica não me custa acreditar que os meus dados estão seguros.
    3 – É o negócio deles, não acredito que arrisquem a credibilidade.
    4 – Entre enviar os meus dados para um servidor supostamente seguro ou fazer eu próprio o meu backup, com toda a complexidade que isso envolve, prefiro o primeiro caso.

    Claro que, como tudo, envolve riscos. Mas na minha opinião os benefícios e facilidade que deles advém facilmente compensam.

    De qualquer forma, obrigado pelo teu comentário João, foi muito pertinente.

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa