Atalhos

Benefícios



É comum, hoje em dia, as empresas oferecerem vastos benefícios aos seus empregados:

  • Seguros de saúde
  • Subsidiação de ginásios
  • Viatura de serviço
  • Telemóvel
  • etc

Estes (e outros) benefícios vêm, normalmente, com o duplo objectivo de tornar os trabalhadores mais produtivos e aumentar a taxa de retenção.

Trabalhadores mais produtivos

Sem dúvida que alguns benefícios podem trazer alguma felicidade e qualidade de vida. Como consequência desses efeitos, um trabalhador pode realmente ser mais produtivo se estiver mais feliz.

Não se pode é reduzir a felicidade no trabalho aos benefícios. Os benefícios devem ser apenas um estimulante adicional, não o principal, caso contrário o seu efeito é de curta duração e pouco eficaz.

Taxa de retenção

Quanto aos efeitos dos benefícios na retenção dos trabalhadores, posso afirmar que é eficaz. Agora, será isso desejável?

No caso dos trabalhadores estarem satisfeitos, óptimo, é mais um factor que os motiva a ficar. Mas e se o trabalhador não estiver satisfeito? O que vai acontecer?

O que vai acontecer é que o trabalhador insatisfeito, com vontade de sair, poderá continuar mais tempo na empresa apenas para usufruir das regalias que tem disponíveis. E esse não é certamente o objectivo dos benefícios: ter pessoas insatisfeitas e pouco produtivas.

Benefícios sim, mas foco no essencial

Os benefícios que as empresas disponibilizam aos seus trabalhadores podem obviamente trazer consequências positivas e desejáveis. Mas é essencial entender que não devem, nem são, o factor principal de motivação e retenção de trabalhadores.

Para motivar e manter um trabalhador é necessário criar condições de trabalho, de equipa e de ambiente que proporcionem verdadeiro prazer no desempenho das funções. E, como referido, os benefícios são apenas uma pequena parte da equação.

Última actualização: 05/04/2007

Partilhe:

4 comentários a Benefícios

  1. Gino Netto Março 28, 2007 at 12:37 #

    Olá Pedro,

    Com estes benefícios oferecidos, as oportunidades de empregos são muitas ou poucas tanto quanto aqui no Brasil?

    Por curiosidade, como encontrou o BlogGeral?

    Abraços e sucesso!
    Gino Netto

  2. Pedro Pais Março 28, 2007 at 14:16 #

    Viva Gino.

    A questão das oportunidades de emprego é muito variável, depende do sector.
    Existem alguns sectores (e.g. tecnológicos) onde a procura é muito elevada.
    Noutros (e.g. ciências sociais) a procura é baixa e é complicado arranjar emprego.

    De qualquer forma, em termos globais, eu diria que não está muito fácil, não.

    Quanto ao BlogGeral, encontrei-o enquanto lia um outro blog (não sei precisar qual).

    Obrigado pelo comentário e continue vindo.

  3. era_uma_vez Abril 7, 2007 at 15:04 #

    Aumenta a taxa de retenção? De IRS porque a retenção para Segurança Social, diminui. E mesmo no IRS depende.

    É uma engenharia financeira nas empresas.

    Relativamente as oportunidades de emprego para Brasileiros(AS) em Portugal, para alem do sector tecnologico não nos podemos esquecer dos sectores paralelos quer na vertical ou na horizontal. LOL, piada de mau gosto. LOL

  4. Pedro Pais Abril 7, 2007 at 18:27 #

    O termo “taxa de retenção” não foi, de facto muito feliz. Queria referir-me ao facto de aumentar a percentagem de trabalhadores que se mantém na empresa.

    A ver se nos próximos posts sou mais claro.

Deixar uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa