Atalhos

Cartões de crédito que lhe devolvem dinheiro

Quem nos visita sabe que frequentemente alertamos para os perigos dos cartões de crédito, em especial para quem tem dificuldade em controlar os gastos, o que mantemos. Todavia, quem sabe fazer uma utilização criteriosa dos cartões de crédito pode recorrer aos mesmos e obter vantagens interessantes.

Em certos cartões uma das vantagens é o cashback, isto é, a devolução/desconto de parte do valor pago em certas compras, o que ao longo do tempo representará valores não desprezáveis de poupança, sem esforço significativo associado. Assim, no artigo de hoje apresentamos alguns dos cartões de crédito com cashback que consideramos mais interessantes, tendo em conta as particularidades de cada um.

Cartão Cetelem Black Cartão Crédito Cofidis Affinity
Desconto 3% em supermercados, hipermercados, gasolineiras e restaurantes. Máximo 100€/ano. 1% de todas as compras (limite €100/ano). Por €1/mês: 2% de todas as compras, 1% nos pagamentos de serviços (limite €200/ano). 1% em todas as compras em estabelecimentos que aceitam MasterCard.
Taxa gasolineiras €0,5 €0 €0
Anuidade Gratuita Gratuita Gratuita
Outras notas Comissão de inactividade caso não o use nos últimos 12 meses. Inclui seguros de uso fraudulento, best price, protecção de compras e plano saúde. Descontos adicionais no grupo Inditex (Zara, Massimo Dutti, etc).

Cetelem Black

O Cetelem Black oferece descontos de 3% em supermercados, hipermercados, gasolineiras e restaurantes, até ao desconto máximo de €100/ano. Para obter o desconto máximo terá de efectuar compras acumuladas de €3.333/ano ou €277/mês.

De realçar que a utilização deste cartão nas gasolineiras está sujeito a uma taxa de €0,5. Tal situação diminui o desconto efectivo, que para um abastecimento de €50 ficará em 2% ( (€50*3% – €0,5) / €50 ).

Ainda de salientar a existência de uma comissão de inactividade para quem não utilize o cartão durante 12 ou mais meses, que será de acautelar.

Cartão crédito Cofidis

O cartão de crédito Cofidis na sua versão base dá acesso a um desconto de 1% sobre todas as compras, com o limite anual de €100. Por mais €1 mensal, o desconto aumenta para 2% e o limite máximo anual para €200, sendo que passa também a incluir 1% de desconto nos pagamentos de serviços.

Este cartão inclui seguros com um potencial interessante:

  • Best price: o consumidor tem protecção sobre o preço pago em certas compras, uma vez que se no prazo de 15 dias, se encontrar o mesmo produto a um preço mais baixo, recebe a diferença de volta, dentro de certas condições.
  • Seguro de curto prazo em caso de roubo ou furto por arrombamento e danos acidentais.
  • Seguro de uso fraudulento.
  • Plano de saúde.

A sua utilização nas gasolineiras não está sujeita a nenhuma taxa adicional.

Affinity

As compras feitas através do Affinity estão sujeitas a um desconto de 1%, sem aparente limite anual. Estando intimamente ligado ao grupo Inditex, este cartão oferece 10% de desconto na primeira compra numa das lojas deste grupo e 2% nas subsequentes.

Este cartão não tem qualquer anuidade e a sua utilização nas gasolineiras não está sujeita a nenhuma taxa adicional.

Cartão a adoptar

Exceptuando casos mais particulares, julgamos que a opção geralmente mais atractiva será a do Cetelem Black, pelo maior desconto percentual, acautelando-se que a sua utilização nas gasolineiras deve ser reservada para pagamentos superiores a €17, para pelo menos compensar a taxa de €0,5.

Para quem tenha um volume muito elevado de despesas, incluindo despesas a pagar através da modalidade de pagamento de serviços, o cartão da Cofidis, acrescido da opção mensal de €1, será uma boa alternativa, visto que permite um desconto total anual de até €200.

O cartão da Cofidis ou o Affinity serão também mais adequados para quem tenha um baixo volume de compras em supermercados e em restaurantes que aceitam cartão de crédito.

Em alguns casos muito particulares pode mesmo ser vantajoso aderir a mais do que um cartão, mas tal não será muito frequente, além de que tal situação traz complexidade adicional e obriga a um controlo reforçado.

Cuidados a ter

Como referimos no início do artigo, as vantagens associadas a estes cartões só são válidas se a sua utilização for criteriosa. Em particular há que atender ao seguinte:

  • Escolher um plafond baixo.
  • Não gastar mais do aquilo que se pode suportar. A regra geral é que se não puder pagar a pronto, então não compre.
  • Pagar sempre a 100% o crédito utilizado.
  • Não efectuar levantamentos a crédito, pois normalmente estão sujeitos a taxas elevadas.
  • Tenha presente o preçário associado ao cartão de crédito, para evitar despesas inesperadas, nomeadamente taxas de inactividade.

Ideias e debate adicional

Sugerimos ainda a consulta do tópico “Cartões de crédito – Melhores benefícios” no Fórum de Finanças Pessoais, onde pode ler e apresentar ideias sobre este tema e participar no debate.

Última actualização: 10/01/2017

Partilhe:

, , , ,

40 comentários a Cartões de crédito que lhe devolvem dinheiro

  1. Paulo Leite Janeiro 11, 2017 at 16:01 #

    No caso do BPI Prémio, o cashback em gasolineiras da GALP, na altura em que aderi ao cartão há uns 6-7 anos era de 2,5% (com 0,50 EUR de taxa por cada depósito).
    Ultimamente (não me apercebi desde quando, nem fui de tal avisado, mas suspeito que desde 2016) a mesma baixou para 1%.

    • Rosário Janeiro 12, 2017 at 15:38 #

      Foi alterado em junho ou julho, por aí…
      O aviso chegou com um dos extratos do cartão, se não me engano. Passava um pouco despercebido.

    • jrjordao Janeiro 13, 2017 at 13:54 #

      Quando aderi ainda se chamava Universo e dava 3% na Galp… hoje em dia é um cartão que não vale a pena, comparando com os descritos neste artigo.

  2. Filipa Janeiro 11, 2017 at 17:50 #

    Tanto Cetelem black como o Universo não dão o desconto se o pagamento for feito a 100%

    • Pedro Pais Janeiro 12, 2017 at 10:25 #

      Julgo que não seja assim. Onde foi buscar essa informação?

    • jrjordao Janeiro 12, 2017 at 13:27 #

      Posso já confirmar que pela menos no Cetelem Black NÃO é o caso. Os 3% são atribuídos em qualquer caso.

    • M_R_J Janeiro 12, 2017 at 13:37 #

      Não é assim, Filipa. Tenho os 2, pago-os sempre a 100%, sempre tive o reembolso.

      O seu comentário aguarda aprovação, obrigado por participar.

    • Filipa Janeiro 12, 2017 at 14:49 #

      Liguei para a cetelem e perguntei e no caso do universo está mesmo escrito no site.

    • jrjordao Janeiro 13, 2017 at 13:58 #

      Só se mudou agora mesmo. Tenho o Cetelem há mais de um ano, sempre paguei a 100% e sempre recebi os 3% de cashback. Suspeito que ou lhe explicaram mal ou percebeu mal.

  3. Ismael Janeiro 11, 2017 at 20:59 #

    O cartão cetelem black permite pagar 100% do extrato no fim do mês? No site da cetelem fala em reembolso de 4, 5 ou 10% apenas.

    • Pedro Pais Janeiro 12, 2017 at 10:25 #

      Sim, mas tem de escolher essa opção na adesão.

    • VR Janeiro 12, 2017 at 20:08 #

      Deparei-me com a mesma situação de que fala o Ismael. Ao preencher os dados no site apenas aparecem aquelas opções. Considerando que apenas tenho interesse no pagamento a 100%, de que maneira é possível optar por esta via? Apenas contacto telefónico?

    • jrjordao Janeiro 13, 2017 at 13:56 #

      Independentemente da opção escolhida quando aderir, poderá sempre pagar os 100% todos os meses após receber o extrato.

  4. Ismael Janeiro 12, 2017 at 14:44 #

    Será possível pagar um cartão de crédito com outro cartão de crédito como pagamento de serviços e assim acumular cashback nos 2 cartões? Por exemplo, usar o cetelem black para compras (3% cashback) e usar o cofidis para fazer pagamento de servicos (incluindo o extrato do cetelem black)e acumular 1% das compras (na opção 1€/mês)?

  5. Claudio Dias Janeiro 14, 2017 at 16:37 #

    Estou a pensar em aderir ao Cetelem Black mas confesso que sou super desconfiado em relação a tudo o que tenha o nome de Cetelem, Cofidis e financeiras do tipo…

    Estive no site da cetelem e queria ver o custo de comissões em compras dentro e fora da UE o site é meio confuso pois as condições estão la para os cartões todos e não cartão a cartão….

    Na analise do cetelem black este facto foi tomado em consideração ou apenas foi analisado as compras nacionais? Afinal com um cartão com anuidades gratis eles têm que ganhar dinheiro com alguma coisa…

    Neste particular caso como se comporta o Cetelem Black VS o BPI Premio?

    Elogiando o artigo mas fazendo uma critica construtiva os CC cashback merecem uma analise mais abrangente em opções pois elas existem no mercado!

    • jrjordao Janeiro 16, 2017 at 19:00 #

      Para o Cetelem Black

      Compras na EEE em euros, coroa sueca e leus romenos, no Mónaco e na Suíça: sem comissão

      Compras no resto do mundo: 1,70% comissão de serviço

Deixar uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa