Atalhos

Fim às despesas de manutenção de conta



O sector bancário Português, como todos sabemos, é dotado da extraordinária capacidade de renovar constantemente os seus lucros. Cabe-nos, portanto, evitar que seja do nosso bolso.

Se continua a pagar despesas de manutenção de conta (ou seja, pagar pelo dinheiro que emprestamos ao banco), deixe-se disso. Há imensas sugestões por aí, a maior parte delas obriga no entanto a que domiciliemos o ordenado nessa conta, o que por vezes não é desejável.

Sugiro que utilize um dos seguintes bancos, ambos com presença quase exclusiva on-line: Banco BEST ou BiGonline.

Quanto ao Best, pode abrir conta a partir de €500 e não tem quaisquer saldos mínimos de manutenção ou equivalentes. Adicionalmente a conta à ordem é também remunerada. E já agora, oferecem umas promoções interessantes para os novos membros (se adoptar pela promoção Member Get Member, avise-me, sempre podemos beneficiar os dois).

O BiGOnline, também oferece isenção das despesas de manutenção e óptimas remunerações das contas. Não consegui, no entanto, descobrir qual o valor mínimo para abertura de conta. Update: valor mínimo para abertura de conta é de €250. Cortesia do Marco Rodrigues.

Já sou cliente do Banco Best há vários anos e até ao momento tudo tem corrido bem, pelo que recomendo. Quanto ao BigOnline, as informações que tenho obtido é de que o serviço é também excepcional pelo que posso, em segunda mão, recomendá-lo igualmente. Ambos os bancos oferecem a adicional vantagem de terem um imenso portfólio de aplicações financeiras disponíveis, útil para quem está interessado em fazer render o seu dinheiro.

Resta-me dizer que não tenho qualquer interesse (financeiro, comercial ou de outra forma) em qualquer das instituições, mas penso que são opções alternativas de baixo custo e excelente serviço. De qualquer forma aconselho-o a precaver-se. O negócio destes bancos, como dos outros, é ganhar dinheiro.

Última actualização: 02/02/2017

Partilhe:

, ,

46 comentários a Fim às despesas de manutenção de conta

  1. Mário Cruz Julho 1, 2010 at 10:14 #

    Po falar em Spam, caro Pedro a mensagem anterior é deveras interessante. Só não percebo aquela coisa da senhora querer saber a religião do mutuário…. 🙂

  2. JRibeiro Julho 1, 2010 at 13:02 #

    😀 Tá gira a história da Linda Lee!…

    E por falar em spam, sempre entro no blog recebo todos os dias recebo no email, uma publicidade brasileira da “Girafa”!…

    Deve ser o equivalente deles, a uma Worten ou Rádio Popular portuguesas!…

  3. xpto Agosto 3, 2010 at 17:46 #

    O sr. Rui C é muito engraçado, ou é funcionário do BES,ou accionista ou então não sabe o que diz…

    Eu faço-lhe as contas a um plano de poupança a 10 anos com 50€ por mês…

    Opçao 1: 50€ * 120 meses = 6 000€

    Opçao 2: Considerando uma taxa garntida de 1% (apenas) e capital garantido

    S = T * {[(1+i)^n]-1}/i, ou seja 50€ pos mes a capitalizar ao fim de 10 anos tem lá 6 307,49€

    T= 50
    i: 1%/12
    n= 120

    Opção 3: No Plano BES não sabe quanto vai lá ter porque os fundos onde estão investidos nao sao nem de capital nem de taxa garantido e posso adiantar-lhe que os fundos estão a perder. O Plano BES está feito dobre o Fundo Estrategia Activa, va a pagina http://www.esaf.pt e veja a rentabilidade (-3%, ie nem da juros e inda “comeu” parte do capital).
    O Plano BES 95 é o maior roubo que já vi na minha vida…mas claro que só o faz quem quer desde que seja bem explicado!!!!

    Não estou a dizer Às pessoas que o vao a correr ao balcao do BES acabar com o plano, porque sao de facto muito penalizadas, mas que foram bem enganadas aí isso foram!!!

    • gargas Dezembro 5, 2013 at 20:22 #

      Não sei ao que responde!! Pois o Sr.Rui fala num depósito não em fundos de investimento. Um banco pode estar virado para os mercados e querer remunerar o capital depositado a prazo independentemente de outros capitais que servem para ser aplicados nos mercados pelos clientes onde o banco retira as suas comissões. Os bancos recebem juros das suas aplicações em outros bancos ou instituições com o dinheiro dos seus depositantes clientes das contas a prazo, depois recebem dinheiro das suas comissões. Um banco não pode estar um dia sem liquidez após o pagamento da taxa ao banco de portugal e juros dos dinheiro pedidos ao banco para se financiar, depois disto ainda vem o SPREAD que pode ter um saldo negativo, sim negativo! O SPREAD não é o lucro, o SPREAD é a actividade da empresa onde tem os custos operacionais se as receitas forem negativas o banco está em maus lençóis e tem que se financiar ao Banco de Portugal e creio CGD via bancos centrais europeus. Uma instituição só vai à falência se a sua capacidade de receitas for mesmo grave em relação aos seus custos. Mas a última via é a falência deste, pois ele necessita e deve converter os custos em receitas via transferências de bens ou contabilidade para uma outra instituição se não existe logo o efeito dominó. Esta é a informação que tenho posso estar até enganado num ou outro aspecto mas de grosso modo o penso que está correcta a informação que pretendo dar.

      Se O BIG paga uma taxa alta nos depósitos a prazo sem comissões de manutenção isso é bom diria óptimo tal como o BES o que eu não sabia!

  4. ri Setembro 24, 2010 at 0:18 #

    O Sr. Rui C perdeu uma boa oportunidade de estar calado. Sugiro-lhe mudar o nome para Sr. Rui €… Já agora, estou a imaginá-lo de fatinho e gravata, todo aperaltado, no final do dia a dizer todo orgulhoso e sorridente: “Já engananámos mais uns velhotes, isto é que é facturar…”
    Boa sorte, no seu banco, exc_mo! não se esqueça, hoje em cima, amanhã em baixo…

  5. José Março 25, 2015 at 22:36 #

    Boa noite,
    alguém sabe qual as taxas de despesa de manutenção de conta a ordem, para particulares para o banco best?

    Estou interessado em mudar da CGD para o Banco Best…

    neste momento todos os meses a CGD vai buscar quase €5 por esta despesa de manutenção de conta.

Deixar uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa