Atalhos

Dedução de IVA no IRS – Dedução à colecta

15% do IVA de alguns serviços, até € 250

Em 2015, e à semelhança do que tem acontecido num passado recente, é permitida a dedução em IRS de 15% do IVA suportado na aquisição de serviços de reparação de automóveis, reparação de motociclos, restauração e alojamento, e cabeleireiros, até ao limite de € 250. Não é muito, especialmente se pensarmos que é preciso gastar quase € 9 000 usufruir da totalidade do benefício, mas em tempo de vacas magras há que aproveitar tudo. Além do mais, é uma forma de ajudarmos a combater a evasão fiscal (a conhecida história de “quando todos pagam, todos pagam menos”).

Como vai funcionar

  1. Quando fizer uma aquisição dos serviços acima mencionados, peça para incluírem na factura o seu NIF e guarde-a.
  2. Em princípio essas facturas serão automaticamente comunicadas à Autoridade Tributária, pelo que periodicamente deve ir ao site e-fatura e verificar que todas as suas aquisições estão presentes, a partir do final do mês seguinte à aquisição. Se estiverem, pode mandar a factura para o lixo (se não precisar dela para outros fins).
  3. Se por acaso alguma das aquisições não estiver no referido site, então será preciso introduzi-las manualmente, através do mesmo site. ATENÇÃO que nesta situação deve conservar a factura por um período de quatro anos, contado a partir do final do ano em que ocorreu a aquisição. Se por exemplo fizer uma compra em Fevereiro de 2013, deve conservar a factura até 31 de Dezembro de 2017. Felizmente, e em princípio, estes casos serão pouco frequentes.

Quanto é que isto me vai fazer poupar?

Imaginando o seguinte cenário:

  • Restauração: € 6 / dia
  • Cabeleireiros: € 20 / mês
  • Reparação automóvel/motociclo: € 300 / ano
  • Alojamento: € 500 / ano

Chegamos aos seguintes cálculos:

  • Montante total gasto: € 3 230
  • IVA suportado: € 604
  • IVA dedutível em IRS: € 90

Recursos adicionais

Para saber mais sobre esta medida, sugiro que consulte o seguinte:
Serviço de Renegociação de Créditos do FinancasPessoais.pt: analisamos os seus créditos e negociamos melhores condições, tudo para baixar a sua prestação. Sem que tenha qualquer trabalho ou perca tempo. Só paga se obtiver resultados, risco zero.
Partilhe:

182 comentários a Dedução de IVA no IRS – Dedução à colecta

  1. Filipe Abril 30, 2015 at 18:42 #

    Só recuperou 103,61 porque só tem 221,86 € nas deduções à coleta…
    Chegou a adicionar despesas de sáude/educação/habitação?
    Validou as suas faturas no e-fatura no inicio do ano?

    Se sim, e realmente o valor das deduções à coleta estavam superiores na simulação, poderá dever-se a alguma dívida fiscal (a AT não dá beneficios fiscais ou deduções à coleta de saúde/educação/outros para contribuintes com dividas fiscais).

  2. Sabrina Almeida Maio 1, 2015 at 12:39 #

    Em que campo da declaração de IRS se põe as deduções do e fatura? Ou será automático… se assim for, como verificar se o montante está correcto?

    • J. Félix Abril 19, 2016 at 2:13 #

      adiciona o anexo H
      no quadro 6C diz que quer alterar valores, 01- sim
      irá pedir as senhas de todo o agregado familiar
      Aparecem então os valores que se podem alterar.
      Aponta os valores e compara com o montante que está no efatura de cada elemento do agregado familiar.
      Os valores familiares e do iva não pode comparar são os que estão no efatura.

      ao fazer simulação também vê na 4ª linha do lado direito o montante de deduções consideradas… (mas neste valor estão também outras deduções que não só essas, por exemplo PPR, seguros de saúde, etc)

  3. JOSE ANTUNES Janeiro 5, 2016 at 14:18 #

    Se adquirir um veiculo novo poderei considerar como despesa elegível para oretorno de 15% sobre o valor do IVA ?

    • JOSE CARLOS Janeiro 26, 2016 at 10:42 #

      Obviamente que não José Antunes. Relacionado com automóveis, apenas é possível em despesas relacionadas com reparações (a fim de evitar a fuga à não faturação por parte dos mecânicos).

  4. Eduardo Ferreira Fevereiro 21, 2016 at 21:07 #

    Boa noite,
    Estando a verificar v/ informação sobre IRS, deparo-me com uma informação que me deixou algo perplexo:

    “Quando fizer uma aquisição dos serviços acima mencionados, peça para incluírem na factura o seu NIF e guarde-a.
    Em princípio essas facturas serão automaticamente comunicadas à Autoridade Tributária, pelo que periodicamente deve ir ao site e-fatura e verificar que todas as suas aquisições estão presentes, a partir do final do mês seguinte à aquisição. Se estiverem, pode mandar a factura para o lixo (se não precisar dela para outros fins)”.

    ENTÃO MANDAR A FATURA PARA O LIXO SE A MESMA ESTIVER REGISTADA NO E-FATURA?
    Posso perguntar se foram os srs a escrever isto?
    Penso que devem no imediato retirar esta informação!
    Eduardo Ferreira

    • Pedro Pais Fevereiro 21, 2016 at 21:39 #

      Mas porquê? Se a factura for devidamente comunicada pelo comerciante, não há necessidade de a guardar.

  5. José Inácio Fevereiro 29, 2016 at 18:27 #

    Boa tarde, somos um casal de reformados que não pagamos IRS. Ao pedir faturas com o nº de contribuinte também as finanças devolvem a percentagem do IVA que paguei?

  6. Ana Paula ferreira Março 8, 2016 at 13:00 #

    Boa tarde, eu gostaria que me tirasse uma dúvida, pois sou esteticista e ganho a percentagem, 70% para mim e 30% para a dona do salão. Este recibo é que eu tiro para finanças e faço os descontos sobre este valor. E dou o duplicado para a dona do salão.
    Mas acho que não é o mais correto, poderia tirar esta dúvida???

  7. carlos Abril 10, 2016 at 14:31 #

    Boa Tarde
    Comprei um carro em segunda mão a um stand no valor de 4000 €, em que secção meto esta despesa para efeitos de IRS, pois paguei iva sobre ele.

    • J. Félix Abril 19, 2016 at 2:01 #

      Esse carro teria sido metido até 29 fev. no portal do efatura, em OUTROS.
      Agora não coloca nada.

  8. Luis Abril 17, 2016 at 19:41 #

    Boa tarde, as despesas do e faturas, além de saúde, juros de crédito habitação permanente, não consigo colocar as outras despesas familiares de gasolina, comida etc.?( ou sejas os tais 250e de despesas familiares)???

    • J. Félix Abril 19, 2016 at 1:59 #

      Essas são automaticamente tidas em conta, as que pode editar e alterar são só as de educação, saúde e lares.

      Se reparar no simulador das finanças, na 4ª linha do lado direito está lá o total de deduções, onde está incluído esse valor familiar.

Deixar uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa