Atalhos

Opinião sobre investimento: Iberia Retorno Absoluto



Um dos leitores do FinancasPessoais.pt recebeu um email do BigOnline sobre uma aplicação financeira e teve a gentileza de perguntar qual a minha opinião sobre o mesmo. A pergunta pareceu-me tão interessante que decidi partilhar a resposta com todos.

O email, com a descrição da aplicação, é o seguinte:

“Caro Cliente BIG,

A aplicação “IBERIA RETORNO ABSOLUTO” é um produto que dá ao cliente a possibilidade de participar na valorização ou desvalorização de um Cabaz de índices composto equitativamente pelos índices PSI-20 e IBEX-35, pelo prazo de 1 ano, com total garantia de capital na maturidade.

Esta aplicação permite ao cliente beneficiar quer da valorização, quer da desvalorização de um Cabaz composto equitativamente pelos índices PSI 20 e IBEX 35. O Cliente poderá beneficiar de um ganho correspondente a 95% da valorização ou 95% do valor absoluto da desvalorização do Cabaz, deduzido de 2.5%, desde que este não registe, durante o prazo da Aplicação, uma desvalorização igual ou superior a 17.5% ou uma valorização superior ou igual a 17.5%. Este produto apresenta um horizonte temporal de 1 ano, com total garantia de capital na Data de Vencimento.”

Considerações gerais

Em qualquer investimento que se pretenda realizar é necessário estar ciente dos nossos objectivos, disponibilidade e riscos envolvidos. Tipicamente existe um conjunto de perguntas a que devemos responder:

  • Tenho a certeza de que não vou precisar do dinheiro durante o prazo do investimento? Se não tenho a certeza, é possível resgatar o investimento mais cedo? Quanto perco?
  • Qual o tipo de rentabilidade [realista] que procuro?
  • Que perdas estou disposto a assumir? Quais os riscos à volta do investimento?
  • Entendo de forma clara a aplicação financeira e quais as principais condicionantes à sua rentabilidade?

O tipo de perguntas acima apresentado deve ser efectuado para qualquer investimento significativo, de forma a garantir que sabemos onde nos estamos a meter.

A aplicação em particular

A aplicação Iberia Retorno Absoluto parece, à partida, um produto interessante, pois permite aos investidores obterem retorno da valorização ou da desvalorização do PSI-20 e do IBEX-35. Adicionalmente existe uma garantia de capital, pelo que o maior risco que teremos é o custo de oportunidade (ou seja, podemos deixar de ganhar o dinheiro que colocaríamos noutra aplicação).

Por outro lado a aplicação é relativamente complexa e a obtenção de ganhos está sujeita a que o valor do cabaz não ultrapasse, em qualquer momento, 17,5% do valor inicial (quer para cima quer para baixo).

Então em que é que ficamos?

Comparação com outras alternativas

A melhor forma de avaliarmos se esta será ou não uma boa aplicação é pensarmos nas alternativas.

Vejamos um depósito a prazo. O depósito a prazo a 1 ano do BigOnline rende 4,44%. Para atingir essa rentabilidade, o cabaz da aplicação que estamos a analisar teria de valorizar ou desvalorizar 7,3% (pois só obtemos 95% da rentabilidade, deduzida de 2,5%). Por outro lado, se valorizar ou desvalorizar 17,5% ou mais vamos receber 0%. Portanto, a aplicação só valerá a pena se o cabaz valorizar/desvalorizar mais de 7,3% e menos de 17,5%.

Aqui entra o outro factor importante: expectativas. Qual é a expectativa que um cabaz composto equitativamente pelo PSI-20 e pelo IBEX-35 valorize/desvalorize mais de 7,3% e menos do que 17,5%? A minha é muito baixa.

Conclusão

Na minha opinião a aplicação Iberia Retorno Absoluto não é uma boa escolha, embora cada investidor deva tirar as suas próprias conclusões.

Na aplicação em análise existe a possibilidade (reduzida) de se atingir uma rentabilidade interessante (significativamente acima da dos depósitos a prazo), mas a possibilidade da rentabilidade ficar abaixo do que podemos (garantidamente) obter com um depósito a prazo é muito significativa.

Em síntese podemos afirmar que O possível prémio (rentabilidade superior à dos depósitos a prazo) não compensa o provável risco (obtermos uma rentabilidade inferior à dos depósitos a prazo).

Última actualização: 02/02/2017

Partilhe:

,

Ainda sem comentários.

Deixar uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa