Atalhos

Poupar a sério! Telecomunicações



Depois de termos abordado as despesas de Alimentação e Produtos para casa, no âmbito da série de artigos Poupar a sério, hoje iremos falar da rubrica de Telecomunicações, englobando também o serviço de televisão. Há imensa gente a pagar valores absurdos em Telecomunicações, pelo que julgamos que este artigo será interessante para muitos.

Pacotes TV + Internet + Telefone fixo + Telemóvel

Hoje em dia já muitos lares têm pacotes de TV + Internet + Telefone fixo + Telemóvel, pelo que poupar nestes serviços é altamente desejável.

O melhor preço

A primeira coisa a saber sobre estes pacotes, é que frequentemente são sujeitos a negociação, especialmente se tiver numa zona em que existem vários operadores. Algumas pessoas não gostam muito de negociar, mas vale a pena o esforço. Sugerimos a seguinte abordagem:

  1. Perto da altura do fim da fidelização do contrato, identifique quais os operadores disponíveis na zona. Deverá ser bastante fácil (e.g., consultar a publicidade na caixa de correio), mas o site Cobertura de Fibra também pode ajudar.
  2. Para cada operador procure perceber quais são os melhores preços disponíveis. Aqui recomendo fortemente a consulta/participação no fórum Zwame, nos respectivos tópicos do Meo, Vodafone, Nos e Cabovisão. Nesses tópicos é possível saber quais os melhores preços que outras pessoas têm conseguido obter.
  3. Com a informação recolhida, ligue para o seu operador. Diga-lhes que o operador X está a oferecer pacote a um preço mais competitivo e que quer saber qual é a melhor solução que têm. Se a resposta não lhe agradar, proceda para o cancelamento do serviço.
  4. Este processo pode ser mais ou menos longo, com eventuais ofertas que podem não ser as ideais, pelo que não deve ceder. No limite, e assumindo que existe outro operador com boas condições na zona, proceda para o cancelamento efectivo.

Já agora, fica a saber que se paga mais €30-35/mês por um serviço “básico” (50+ canais, com box, Internet 30Mb+, Telefone fixo com chamadas ilimitadas para fixos), está a pagar demais e quase de certeza que vai encontrar soluções mais económicas.

Alterar o nível de serviço

Uma outra forma paralela de poupar nestes pacotes é alterar o nível de serviço, isto é, passar para um pacote aparentemente inferior. Aqui os principais candidatos são a velocidade da Internet, o número de canais disponíveis e as condições dos telemóveis:

  • Velocidade da Internet: para a generalidade dos utilizadores e nos dias que correm, 30Mbps é mais do suficiente. Mais é potencialmente melhor, mas não justifica um agravamento significativo do preço;
  • Número de canais disponíveis: os pacotes têm dezenas e até centenas de canais disponíveis e o tempo familiar é realmente reduzido. Faça uma análise dos canais de que dispõe e veja se prescindir de um certo conjunto deles é ou não adequado;
  • Condições dos telemóveis: nos pacotes que referimos, na componente dos telemóveis uma das maiores agravantes de preço é o consumo de Internet móvel disponível. Aqui dependerá de cada caso, mas se possível verifique quais os consumos nos últimos meses e veja se o que contratou está adequado.

Telemóvel

Ainda dentro das telecomunicações, outra área onde existe perspectivas significativas de poupança é no tarifário/plano de telemóvel.

Dentro ou fora do pacote?

Como vimos acima, boa parte dos agregados familiares já dispõe de um pacote de telecomunicações em casa, pelo que pode ser interessante incluir os telemóveis dentro do mesmo. Dentro da óptica de negociação que analisamos, pode ser possível e favorável incluir cartões de telemóvel no pacote a um bom preço. Esta solução é interessante e deve ser avaliada, mas caso o incremento de preço por cartão seja superior a €15, podem existir soluções melhores, ou pelo menos mais económicas.

Mesmo que o seu pacote de telecomunicações não o permita ou os preços não sejam convidativos, pode ver junto de um familiar ou amigo próximo se o tarifário que usam tem a possibilidade de incluir mais um número por um valor reduzido, se tal não causar incómodo.

Fora dos pacotes agregados, os três principais operadores dispõem de tarifários pré-pagos muito interessantes: Meo Top, Nos Tudo e Vodafone Up, que por menos de €15/mês lhe permitem obter 500 minutos/SMS, 1GB de dados e ainda alguns consumos para Roaming, o que servirá para a generalidade dos utilizadores.

Empresa

Algumas empresas têm acordos com os operadores de telecomunicações que permitem aos funcionários aceder a tarifários mais vantajosos. Confirme no seu local de trabalho se é o caso e quais as condições.

Jovens

Os jovens até aos 25 anos têm acesso ainda a tarifários especiais (Moche, WTF e Yorn), que desde €10/mês permitem ter acesso a tarifários com 500 minutos/SMS e 500 MB de dados. Estes tarifários são muito competitivos e dificilmente conseguirá obter algum mais vantajoso, excepto se for um utilizador muito ligeiro de telemóvel, sendo que neste caso poderá aderir a um dos tarifários pré-pagos mais “tradicionais”, sem carregamentos obrigatórios e com facturação ao minuto de chamada.

Quanto paga? Quais as suas dicas?

Esperamos que estas sugestões lhe sejam benéficas. Aproveitamos para solicitar que deixe um comentário com as suas dicas para poupar em telecomunicações e, já agora, as condições dos tarifários que utiliza.

Última actualização: 02/10/2016

Partilhe:

, , ,

19 comentários a Poupar a sério! Telecomunicações

  1. José F. Outubro 11, 2016 at 19:45 #

    A Nowo que é agora a ex-Cabovisão, está a facultar aos clientes uns pacotes bastante interessantes sòmente com a fidelização máxima de um ano. É um caso a considerar nas zonas onde está activa. Vale a pena conferir aqui https://www.nowo.pt/

  2. Ricardo Santos Outubro 17, 2016 at 17:20 #

    Sou cliente das NOS. Pago 26,99€/mês com Internet 100 mb/s, 130 canais com oferta de box gravação e 35 canais nas outras televisões (que neste caso é só uma e mal utilizamos) e telefone fixo. Recentemente fui abordado pela vodafone, isto porque estava em fim de contrato as vantagens apresentadas por elas eram:
    – fibra até dentro de casa
    – em vez de 35 canais/disponibilizam 85 para as outras tv’s
    – o preço era o mesmo
    – por mais 3€7mês, ou seja, 29,99€ teria acesso ao novo smart router que transmite uma velocidade de internet mais potente.
    Apresentadas as condições das Vodafone à NOS, ofereceram-me os canais TVCINE durante 12 meses (6+6).

    Mantive fidelidade por um ano com a NOS.

  3. Nuno Outubro 26, 2016 at 23:47 #

    O “truque” para negociar é mesmo avançar com o pedido do cancelamento do serviço. Como eles têm 15 dias para o fazer, nesse espaço de tempo vão de certeza ligar com o cliente a perguntar-lhe porque é que vai mudar e quanto vai pagar no novo operador. Depois da nossa resposta, eles fazem sempre uma contra-proposta, normalmente mais vantajosa.
    Se perguntarmos por uma nova proposta antes de cancelar o serviço, o “desconto” nunca é tão bom.

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa