Atalhos

Quanto ganho por amortizar?



Já sabemos que vale a pena amortizar antecipadamente o seu crédito habitação e no fórum esse é um tema recorrente. Mas na prática, quanto pode ganhar (ou poupar) por amortizar antecipadamente o seu crédito habitação?

Para ajudar a responder à resposta levantada, criei uma utilidade denominada Prestação após amortização antecipada, que lhe permite introduzir os dados do seu empréstimo e, ao mesmo tempo, ir colocando valores de amortização e ver de que forma isso se reflecte na sua prestação mensal. Útil, não?

No passado era possível obter esta informação recorrendo ao mapa de prestações ou à ferramenta para calcular a prestação da casa. Agora é mais fácil – aproveite.

Última actualização: 24/11/2014

Partilhe:

, ,

17 comentários a Quanto ganho por amortizar?

  1. Pedro Pais Agosto 31, 2008 at 18:10 #

    @António,

    De facto esse spread é altíssimo. E tem toda a razão, a partir de dia 25 de Setembro não vão poder cobrar qualquer valor para renegociações, o que incluirá o seu caso. Pode obter mais detalhes no fórum.

    @Veronica,

    À partida parece-me que a opção X é mais interessante. Em termos dos custos iniciais, quanto é para um e outro banco?

  2. Rui Setembro 7, 2008 at 2:27 #

    Olá, muitos parabéns Pedro. Tens aqui um blog
    à maneira.
    Queria colocar aqui uma questão relacionada com o tema:
    No meu caso concreto, disponho de 10000 euros que pensei utilizar na amortização do meu empréstimo, mas depois de vários cálculos não sei se concorde com a maioria. É o seguinte: na CGD a minha TAE é de 4,978% e fazendo o depósito numa netPrazo pagam-me os juros a 5,160%.
    Ora, o que levei em consideração nos meus cálculos foi que, por um lado, o IRS leva-me 20% dos juros mas, por outro lado, o mesmo IRS permite-me descontar à colecta 30% dos juros e amortizações. A consideram será também o facto de o meu depósito ir crescendo ao longo dos anos e o crédito em divida vai ser cada vez menor, ou seja, cada ano que passa recebo mais em juros do depósito e pago menos juros do crédito.
    Tenho alguma razão?
    Um Abraço

  3. Fatima Janeiro 12, 2009 at 13:41 #

    Boas, queria saber o seguinte, pois ainda não consegui fazer as contas. Devemos amortizar, tudo bem…mas até qto é que devemos amortizar, para não perder o reembolso do IRS? Temos que ter uma prestação minima de qto?

  4. Fatima Pereira Janeiro 20, 2009 at 12:02 #

    Muitos Parabéns, por este super utilitário…é optimo e muito pratico, obrigada Pedro por partilhares connosco.

    Queria saber o seguinte, é sempre bom amortizar ou é preferivel amortizar e diminuir o prazo?

    Existe algum montante minimo que se deve ter para não perder o reembolso do IRS?

    Obrigado

    Fatima Pereira

  5. Diana Janeiro 20, 2009 at 13:50 #

    Boa tarde,
    Agradecia que s«assim que possível me responde-se Pedro, por forma a verificar o que realmente vou pagar e se o Banco está a proceder correctamente no calculo da nova prestação.
    Cumprimentos,

    Diana

  6. Pedro Pais Janeiro 20, 2009 at 21:50 #

    @Fátima Pereira,

    É preferível diminuir o prazo, uma vez que no total do crédito terão sido pagos menos juros. O problema é que nem sempre o orçamento familiar se dá a esses “luxos” 🙂

    Em relação ao IRS, existe efectivamente um valor mínimo (não sei de cor mas um dia destes aqui coloco), mas eu diria que a importância deve ser dada ao término da dívida.

  7. RuiPcoelho Janeiro 20, 2009 at 23:15 #

    Olá Pedro, um bom ano!

    @ Fátima Pereira

    O valor mínimo que referem anda à volta de 163€ mensais (ou 1953€ anuais). Isto para o ano que passou. A partir deste valor quanto menor a prestação menor o beneficio fiscal e quanto maior a prestação igual será o beneficio.

    Atendendo a:

    “Para efeitos de IRS, pode abater à colecta 30%, com o limite de 586 euros para 2008, dos encargos com juros e amortizações de empréstimos para habitação própria permanente.”

    Cumprimentos

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa