Atalhos

Simulador de Subsídio de Desemprego

Quando o desemprego é iminente ou já uma infeliz realidade, convém saber com o que se conta. Para ajudar, desenvolvemos um simulador para calcular o subsídio de desemprego, que abaixo apresentamos. Com o simulador vai poder consultar a duração do subsídio e os valores a receber durante este período.

De salientar que os dados de remuneração a introduzir referem-se aos primeiros 12 meses dos últimos 14 anteriores à situação de desemprego. Exemplo: se ficou desempregado em Janeiro de 2015, considerará desde Novembro de 2013 até Outubro de 2014, inclusive.

Simulador de Subsídio de Desemprego

Dados contributivos

Dados referentes aos primeiros 12 meses dos últimos 14 anteriores à situação de desemprego

1 Nos primeiros 12 meses dos últimos 14 anteriores à situação de desemprego

Enquadramento em IRS

Situação familiar

Valor mensal inicial:

Valor mensal após 180 dias:

Duração:

Se a 31/03/2012 já tinha 450 dias de descontos nos últimos 24 meses e é a sua primeira situação de desemprego desde 01/04/2012, a duração é de

Partilhe:

145 comentários a Simulador de Subsídio de Desemprego

  1. Armenio Boavida Setembro 1, 2016 at 0:26 #

    Esclareço em relação ao comentário anterior que a taxa de 10,7% que falo é a que inferi do cálculo com o vosso simulador.

    • Luis Pinto Setembro 15, 2016 at 21:59 #

      Boa noite.
      Estive a trabalhar numa empresa de 8 de Novembro de 2010 a 1 de Setembro de 2016 inimterruptamente o contrato foi cessado devido à extinção de posto de trabalho.
      Quantos dias de Subsidio de desemprego tenho direito por favor?

  2. Armenio Boavida Setembro 2, 2016 at 22:37 #

    Armenio Boavida Setembro 2, 2016 at 22:33 #
    Tem razão. Obrigado pelo esclarecimento. Mais uma vez os meus parabêns pelo simulador e pelas informações do blog. No caso do subsídio de desemprego os outros simuladores ou se ficam pelo cálculo antigo ou sugerem o uso da taxa dos recibos.
    O cálculo correcto é (1260-1260×0,11-1260x 0,096) x 0,75 = 750,33 certo?

    • Pedro Pais Setembro 2, 2016 at 23:59 #

      Sim, deverá ser isso.

  3. Rui Peixoto Setembro 6, 2016 at 19:03 #

    Boa tarde, tenho 47 anos e mais de 20 anos de carreira contributiva, 25.
    Contactei a Segurança Social e obtive a seguinte resposta, relativamente ao número de dias a que tinha direito para efeitos de prestação de subsídio de desemprego, 840 dias e 1140 dias.

    Gostaria de ver esclarecido este ponto uma vez que, em parte, está em conformidade com o simulador e na outra não.
    Agradecia a vossa ajuda.
    Será que esta divergência não tem a ver com a alteração da Lei em 2012?

    Rui

  4. Ema Godinho Setembro 8, 2016 at 17:31 #

    Boa tarde, Venho da segurança social e as noticias não me agradam de todo,
    Faço descontos desde 2005 e pela primeira vez me encontro desempregada a tempo parcial,fui despedida do meu trabalho a full time e neste momento tenho um part-time, que já tinha aquando o despedimento da outra empresa. Mais uma situação é que estive fora do país 6 meses nos últimos 14 meses. Uma vez que contam os primeiros 12 dos últimos 14 meses daria um valor irrisório… Não conta nada o tempo que já contribui e ainda por cima, o meu ordenado nos últimos meses foi cerca de um terço dos outros meses que contribui, meses que ficam fora da amostra deles de 14 meses. É mesmo assim?

  5. Filipe Ribeiro Setembro 14, 2016 at 17:31 #

    Muito boa tarde,

    Tenho 26 anos. Comecei por trabalhar e descontar em part-time durante 3 meses (07/2010 – 10/2010). Depois disso, trabalhei como empresário em nome individual durante 2 anos (05/2014 – 04/2016) em que no primeiro ano não tive que descontar, mas no segundo ano sim. Seguidamente tive que fechar atividade por motivos involuntários. Atualmente trabalho por contra de outrem em contrato temporário. Infelizmente esse contrato acabou há 3 dias atrás. Ao todo descontei durante 1 mês e 26 dias nessa situação.
    A minha questão é, visto estar recentemente desempregado, terei direito ao subsídio de desemprego ou a qualquer outro que se enquadre nesta situação?
    Muito obrigado pela atenção.

    Filipe

  6. Lúcia Afonso Setembro 21, 2016 at 15:10 #

    Boa tarde,

    Vou ficar desempregada mas o meu está a trabalhar! Devo colocar casado 1 titular ou casado 2 titulares?

    Obrigado

  7. Adriana Outubro 5, 2016 at 23:47 #

    Boa noite nos últimos dois anos tive 4 meses a trabalhar num lar depois fiz 9 meses de estágio profissional num supermercado depois dos 9 meses ainda estive 3 meses a trabalhar nesse supermercado em Setembro abri um minimercado mas ao final de um mês e alguns dias vi que nem ordenado consegui tirar para mim estou a ter muito prejuízo será que tenho direito a subsídio de desemprego ou nem por isso?

    Obrigada

  8. Tânia Outubro 6, 2016 at 19:13 #

    Tive um mês em que recebi subsídio social de desemprego e nesse mês já tinha trabalho. Mas por alguma razão a entidade empregadora não comunicou à segurança social, o que aconteceu é que tive de devolver esse valor. Neste momento não me vão renovar contrato e os meus descontos não chegam aos 360 dias. A minha questão é, se aquele mês eu coloquei o valor do subsídio social, conta para os descontos ou não? Pois foram 27 dias que recebi e devolvi. Mas foi-me pago o mês de trabalho.

  9. Filipe Outubro 7, 2016 at 16:03 #

    Sim gostei

  10. Damião Capelo Outubro 17, 2016 at 11:57 #

    Bom Dia.
    Após alguns anos desempregado,consegui um contrato de trabalho por 1 ano.
    Ao fim de 6 meses tive de meter baixa médica que termina no final deste mês.
    No final de dezembro termina o contrato e não vai ser renovado.
    Terei direito a subsidio de desmprego?
    Tenho 60 anos e 33anos de descontos.
    Obrigado.

Deixar uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa