Atalhos

Simulação de investimento: 17ª semana



Para saber que simulação é esta, consulte o artigo Simulação de investimento.

Simulação de investimento: 17ª semana

A simulação aproxima-se do seu final. No fim do mês de Novembro terminará e é ponto de fazer um pequeno balanço.

Ao longo destes meses temos visto o quanto o mercado accionista pode ser instável e mesmo oferecer rentabilidades negativas. De facto, no reduzido espaço temporal em que esta simulação tem decorrido, nem numa única semana os cabazes #2 e #3 estiveram em terreno positivo. É certo que nos cingimos a observar dois índices (PSI20 e DJI), mas que ilustram perfeitamente o que pretendia demonstrar.

Comparativamente, o cabaz #1 (depósito a prazo) ofereceu-nos aquilo que prometia, uma rentabilidade positiva pré-determinada.

Ao contrário dos depósitos a prazo (cabaz #1), os mercados accionistas são muito pouco previsíveis no curto prazo e, para o que importa, o prazo desta simulação (praticamente 5 meses) é curto. Certamente que existirão algumas pessoas a dizer que obtiveram grandes lucros neste espaço de tempo – não duvido. Outras existem que assistiram a grandes perdas, embora presumo que não gostem de falar nisso.

Em qualquer decisão existe sempre a hipótese de seguir a via mais arriscada ou seguir a via menos arriscada. A via arriscada é investir na bolsa com vista ao curto prazo, é seguir palpites e tentar “bater” o mercado – algo que poucos conseguem. A via menos arriscada é investir na bolsa com vista a muito longo prazo, diversificar o investimento, investir em depósitos a prazo quando queremos investir no curto prazo, ser cauteloso.

Escolher entre as duas vias pode ser escolher entre ter uma vida financeira atribulada (muito positiva ou muito negativa) ou uma vida financeira mais calma e com perspectivas de futuro mais seguras. A escolha é sua, mas faça-a em plena consciência.

Última actualização: 02/02/2017

Partilhe:

, ,

10 comentários a Simulação de investimento: 17ª semana

  1. MH Novembro 19, 2007 at 13:36 #

    Boas.

    Mantenho o que disse na semana passada.

    Todavia, acho que assistiremos a uma redução não muito significativa na volatilidade se seguirmos os fundamentais, já que temos um feriado no meio da semana nos states.

    —–

    De qualquer forma, podemos aplicar aos S&P aquilo que se aprende na análise técnica, apesar de ser obvio de mais para o meu gosto esta teoria pode muito bem acontecer.
    Falo das ondas elliot.

    Podem saber o básico aqui:
    http://stockcharts.com/school/doku.php?id=chart_school:market_analysis:elliott_wave_theory

    Segundo esta teoria, e muito simplificadamente, ela diz-nos que esta semana atingiremos um máximo ligeiramente superior ao anterior( higher high) no S&P, todavia iremos logo a seguir e no resto da semana testar novos mínimos anuais neste mesmo índice.

    Acho que não é caso para se preocuparem, pois é só uma teoria, todavia tenham atenção a estes movimentos ellliot.

    Eu…nesta semana não vou negociar acções, vou mais para o Forex (foreign exchange) em daytrade.

    Abraço

  2. MH Novembro 19, 2007 at 14:09 #

    Uma notícia interessante.

    http://www.jornaldenegocios.pt/default.asp?Session=&CpContentId=306049

  3. Nuno Novembro 19, 2007 at 14:44 #

    MH,

    Estás a prever uma subida no dolar?

    Algum motivo especial para não negociares acções? Demasiada volatilidade?

    Eu gostaria de entrar longo no mercado, com um pacote de 4 ou 5 acções escolhidas criteriosamente, com a ajuda do zacks.
    Mas vou esperar até que os indicadores virem….

  4. MH Novembro 19, 2007 at 18:45 #

    Boas.

    Hoje o dólar está a lateralizar muito e não dá para fazer muitos trades. Fiz apenas 2 até agora.

    Quanto a subida do dólar….não te sei responder. Vale a pena seguir apenas os sinais que são dados pelos indicadores, as médias móveis..o cruzamento destas e os nossos próprios indicadores no intraday.

    Estou mais atento ao GBPUSD, USDJPY e USDCAD. Este último está volátil o suficiente para dar mais de 10 negócios hoje. 6 ganhadores e 3 perdedores, o outro ficou em 0,00

    Quanto às acções. A volatilidade não esteve a ajudar na semana passada, enganando muito quem faz daytrading, o que não costuma ser normal. Eu concentro-me esta semana no forex mas não quer dizer que não faça alguns trades de acções.

    não tenho nenhuma acção em carteira de investimento para o médio ou longo prazo, pela única razão da tal volatilidade e pela indecisão permanente nos mercados quanto ao seu rumo. Entradas de posição curta? Sim? Prazo? Menos de 1 dia.

    Nuno, não sei se viste o zacks, mas mesmo as dicas deles estão a dar prejuízo. Há que esperar por indicadores mais consistentes.

    Abraço

  5. Nuno Novembro 19, 2007 at 20:33 #

    Sim MH, tenho acompanhado o Zacks. E realmente não há milagres, quando toda a bolsa desce, quase tudo vai atras.

    Eu fiz um portfolio virtual, com a ajuda da ferramenta de screening do zacks (research wizard tool). Basicamente, fiz o cruzamento de 3 screenings (todas com zack=1), o que resultou num conjunto de 4 companhias.

    Iniciei a 5 Novembro, vai com performance -2.59%, igual resultado leva o NYSE e ligeiramente melhor que o S&P500, que vai com -2.89%. De qq das formas, o “holding period” aconselhado é de 1 mês, pode ser que melhore um pouco, mas duvido…..

    Enquanto os indicadores não virarem, não me meto em aventuras….

  6. MH Novembro 19, 2007 at 21:45 #

    “Enquanto os indicadores não virarem, não me meto em aventuras….”

    É indicado para o momento. Numa altura em que a teoria Elliot começa a perder força…..lol

    Mas para quem quiser saber mais sobre esta teoria visite:

    http://www.babypips.com/school/the_53_wave_patterns.html

    Abraço

  7. Nuno Novembro 19, 2007 at 22:06 #

    A teoria é interessante…

    Qual o período de tempo que estás a considerar para a tua analise? Em que curvas julgas estarmos neste momento?

  8. MH Novembro 20, 2007 at 21:36 #

    Boas.

    Estava a ver um gráfico diário de 6 meses aprox.

    O nosso objectivo era atingirmos um higuer high em relação ao último máximo relativo e aí cumpririamos a onda 4 complexa. De todo modo, a volatilidade não está virada lá muito para teorias. Há que apanhar o comboio todos os dias e entrar em viagens com saída nesse mesmo dia. Nem eu nem ninguém sabe o amanhã.

    Mas… deixa as teorias de parte. Eu teria que pôr um gráfico para explicar… é que é um bocadinho confuso por palavras.

    Abr

  9. felipe s. Março 17, 2008 at 19:56 #

    Ralph Nelson Elliot trabalhou a maior parte da vida como contador de uma ferrovia americana. Numa viagem à Guatemala ficou doente, foi internado num sanatório, onde escreveu a teoria. Após a cura, passou a trabalhar somente como professor da sua teoria. Elliot nunca trabalhou no mercado de capitais. Elliot nunca foi investidor, nem especulador, ele nunca comprou ações.

  10. Carlos Júlio Julho 6, 2008 at 2:01 #

    O tema que levantou é uma realidade. Na minha última analise ao spx500 um dos indices de referência em termos mundiais os minimo para este movimento ainda não foram efectuados. Pelo menos é essa a minha convicção. Ando fazendo várias parceria de forma a dar a conhecer os bons trabalhos que existem um pouco por toda a net. Se estiver interessado contacte-me para o mail: roundersblog@hotmail.com ou deixe um comentário no blog: http://rounderstrader.blogspot.com/

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa