Atalhos

Trump e os mercados


Já várias vezes temos por aqui falado que não é possível ao investidor normal prever o comportamento dos mercados financeiros. Na realidade, afirmamos mesmo que a esmagadora maioria dos investidores profissionais também não o consegue, pelo menos de forma continuada.

A notícia da semana é uma oportunidade interessante para percebermos como os mercados financeiros são imprevisíveis e como neste campo as opiniões, até dos supostos especialistas, pouco ou nada valem.

No dia dos resultados da eleição, os mercados tiveram uma queda inicial abrupta, para rapidamente recuperarem para valores positivos relativamente elevados, que pelo menos até à data mantêm. Isto aconteceu não só nos EUA, como também na generalidade da Europa e da Ásia.

O curioso é revermos no que se dizia nos dias antes da eleição. Embora existissem opiniões para todos os gostos, havia uma tendência generalizada para associar uma vitória do Trump a um desempenho negativo dos mercados – veja esta pesquisa no Google (em Português) ou esta (em Inglês), o que pelo menos no curtíssimo prazo não se veio a concretizar. Mas até podia ter ocorrido, não dava para prever.

Que lições tirar?

  1. Não é possível prever o comportamento dos mercados, especialmente no curto e médio prazo.
  2. Tentar investir nos mercados financeiros com uma perspectiva de curto prazo é quase como jogar na roleta.
  3. As opiniões dos especialistas sobre as reacções dos mercados a acontecimentos específicos é mais ou menos equivalente a uma conversa de café com os seus amigos, pelo que devem ser avaliadas como tal.

Noutro registo, e como nota final, esperamos que a presidência de Trump acabe por ser mais moderada do que o indicado durante a campanha.

Última actualização: 11/11/2016

Partilhe:

, , , ,

4 comentários a Trump e os mercados

  1. A. Cruz Novembro 11, 2016 at 10:39 #

    Ótima interpretação do funcionamento dos mercados financeiros. Seria bom que todos os portugueses entendessem aquela mensagem para que depois nao tenham amargos de boca tipo BPP, BPN, BES, BANIF e CGD ( ainda não faliu, mas já estamos a pagar para tapar o buraco ).
    Bem-haja pelo vosso trabalho.

  2. Pedro Miguel Ribeiro Novembro 11, 2016 at 10:41 #

    Adoro este site, gosto deste artigo, podemos então partir do principio que o mercado de valores é na maior parte das vezes pura especulação ?

    • Pedro Pais Novembro 13, 2016 at 23:03 #

      Não exactamente. O problema é que no curto prazo as reacções dos investidores são imprevisíveis.

  3. Daniel Marques Novembro 11, 2016 at 11:04 #

    Não havera crescimento das tapas euribor e afins???

Deixar uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa