Atalhos

A dieta que funciona

Fita métrica

O título deste artigo é, sem dúvida, publicidade enganosa. Na minha opinião não existem dietas* que funcionem, pelo menos a longo prazo.

A realidade é que quando consideramos fazer dieta estamos a pressupor um sacrifício, algo que nos custará imenso mas que ao fim de um certo período irá resultar numa perda de peso. O problema é que sendo um sacrifício não estamos dispostos a continuá-la ad eternum, resultando nas inevitáveis perdas e ganhos de peso e correspondentes desequilíbrios físicos, emocionais e psicológicos.

OK, mas eu preciso mesmo de perder peso – o que faço?

Mudança de estilo de vida

Uma mudança positiva do estilo de vida é a única forma real, segura e continuada de perder peso e, acima de tudo, ser uma pessoa mais saudável.

Mas o que é isto de mudança de estilo de vida? É essencialmente alterar as nossas rotinas e hábitos com o objectivo de nos sentirmos globalmente melhor.

Ainda mais importante: a noção de mudança de estilo de vida implica que seja um compromisso para toda a vida, ou seja, um conjunto de posições a adoptar que, apesar de algum possível esforço inicial, não representa um sacrifício diário e continuado. O seu estilo de vida deve proporcionar-lhe equilíbrio físico mas também psicológico e emocional, caso contrário será apenas um esforço em vão.

O seu estilo de vida deve ser agradável.

Passar à acção

Estilo de vida saudável

Cada um saberá quais os passos e medidas a adoptar para melhorar o seu próprio estilo de vida, sendo que o essencial é pensar no assunto como um mudança para o resto da vida e assumir o compromisso como um equilíbrio saudável entre prazer e saúde.

De qualquer forma existe um conjunto genérico de acções que aconselho:

  • Andar mais – uma forma agradável de conviver com a sociedade e de fazer algum exercício;
  • Comer menos e mais lentamente – ter prazer ao comer mas reconhecer que não é necessário ficar enfartado para ficar satisfeito;
  • Comer melhor – escolher com mais critério as suas refeições. Um bife grelhado é tão ou mais saboroso que um frito mas muito mais saudável;
  • Dormir mais e melhor – o número de horas que necessitar para ter um sono reparador, sem ruídos, luzes ou outros elementos perturbadores;
  • Ter momentos para comer aquela guloseima tentadora – a vida também é feita de momentos doces. Não há problema em fazer umas asneirinhas se as mesmas se enquadrarem, de forma equilibrada, no seu estilo de vida.

Agora que lhe deixei umas ideias e sugestões sobre a importância de ter uma vida mais agradável, resta-me desejar-lhe “Boa Sorte”!

* dietas no sentido de “regime especial de alimentação”

Última actualização: 22/06/2007

Partilhe:

21 comentários a A dieta que funciona

  1. Martinha Maio 3, 2011 at 10:46 #

    Preciso de ajuda, estou no ginásio e comerçei a trabalhar a sério a cerca de 3 semanas. Perdi 1,6 Kg, mas perdi massa muscular e gainhei massa gorda! Preciso de perder cerca de 8 Kg (5 seria mt bom)… Tenho 1,77 m, peso 75.6 Kg e a minha massa gorda é altíssima 36%… O que devo comer?

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa