Atalhos

A fábula do Urso, do Rato, do Touro e do Dragão



Segundo o horóscopo chinês, 2008 será o ano do Rato, símbolo que prevê que estaremos perante uma época caracterizada pela inovação, pelo pioneirismo e pelo desenvolvimento rápido.

A nível económico (Índice PSI-20) temos vivido um sintoma de Bullish (não confundir com bullshit), onde o Touro tem vencido o Urso e, na generalidade, o mercado bolsista português valorizou-se.

Mas como será 2008?

Aqui no Pedro e no Blog verificámos uma comparação do PSI com outras aplicações financeiras e para espanto de alguns, parece que nestes últimos meses temos sido afectados por um sintoma de abrandamento económico, estaremos perante um acordar do Urso?

Mas afinal como será 2008? Será que conseguiremos valorizar ainda mais o mercado? Ou iremos assistir a um Crash?

O aumento do petróleo, das taxas de juro, desvalorização do euro e outros factores políticos e sociais terão mais peso do que conquista de novos mercados pelas empresas?

Será que estamos perante um ano do Touro (Bull Market) ou estaremos perante um arrefecimento económico (Bear Market)?

Deixo isso a vossa consideração…

E o Dragão? Bom, aparentemente o Dragão está a vencer a Águia e o Leão.

Escrito por Óscar Bernardes – 10 de Janeiro de 2008

Última actualização: 24/11/2014

Partilhe:

16 comentários a A fábula do Urso, do Rato, do Touro e do Dragão

  1. Fernando Ferreira Janeiro 17, 2008 at 15:32 #

    Apliquei no BPI Global.
    Só não consigo entender quais acções que compõem este fundo de aplicação. Não deve ser só acções do BPI…

  2. Alex Janeiro 18, 2008 at 16:06 #

    Também estou a perder um bom $$$ no BPI Global. Mas agora não é o momento certo de tirar o dinheiro de lá !
    Também gostaria que fossem mais transparentes as acções que englobam o BPI Global, assim poderia sofrer “online” com as quedas dessas acções 🙂
    Alguém sabe dizer quais são essas acções?

  3. the_stress Janeiro 18, 2008 at 18:53 #

    Caro Fernando,

    neste momento a maior parte dos fundos estão a fazer perder a cabeça a muita gente (e a mim também!!!). Partilho do seu optimismo e por isso também eu estou a arriscar perder ainda mais.

    No seu caso, se já está dentro do prazo isento a comissões de resgate, acho que não tem nada a perder – afinal, sempre pode resgatar agora, pôr o dinheiro em “banho-maria” aplicando-o num depósito a prazo (a uns 30 dias), em que sempre ganha qq coisa, e depois quando o mercado estabilizar minimamente volta em força.

    Cumprimentos,

    João R. Marques

  4. Alex Janeiro 23, 2008 at 20:11 #

    Transcrevo aqui o email que recebi hoje do Banco BIG.
    Será uma boa aposta?

    Vimos por este meio informar que o produto estruturado BiG do mês ‘Petróleo +10’ termina a sua subscrição dia 24 de Janeiro às 19h00 (informação e subscrição no bigonline área de ‘Poupança e Rendimento’ > ‘Rendimento com Capital Garantido’).

    Esta aplicação permite ao cliente beneficiar de uma remuneração de 10% (TANB), sempre que a cotação do Barril de Petróleo se mantiver dentro do intervalo de variação [-10% ; + 10%] relativamente à cotação do petróleo na Data de Início da aplicação.

    – Prazo: 6 meses
    – Garantia de Capital: 100%
    – Remuneração da aplicação: 10% (TANB) por cada dia que a cotação do petróleo estiver dentro do intervalo estabelecido. Exemplo: Se a cotação do Petróleo estiver dentro deste intervalo durante 180 dias (totalidade do prazo) então a remuneração será de 10% x 180/360
    – Intervalo estabelecido : [-10% ; + 10% ] face à cotação do petróleo na Data de Início da aplicação

  5. JP Janeiro 24, 2008 at 2:07 #

    Boas.
    Esse produto deixa que pensar. No entanto não sei se esta informação esclarece ou nao o risco associado a esse produto:

    “Energia 2008-01-22 12:35
    Preços do petróleo descem mais de 3% em Nova Iorque
    O barril de crude chegou a cair hoje mais de 4 dólares no mercado novaiorquino, atingindo o valor mais baixo das últimas seis semanas, devido ao aumento dos receios relativos a uma possível recessão nos Estados Unidos, que conduziria à queda da procura desta matéria-prima.
    ” in : http://diarioeconomico.com/edicion/diarioeconomico/internacional/mercados/pt/desarrollo/1080912.html

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa