Atalhos

A Internet dos tarados

Tenho um amigo que afirma que a Internet foi criada com o intuito final de tornar a pornografia acessível às massas. Que tudo o resto – informação, interacção, lojas, etc – se desenvolveu à volta do objectivo de ver mulheres nuas (e não só). É capaz de não andar muito longe da verdade.

Eu sou daqueles que considera que a pornografia tem o seu lugar no Mundo e a Internet veio demonstrar que a sede que existe é bem maior do que aquela que todos os puritanos consideravam. Falsos moralismos à parte, essa pornografia pode ser saudável, desejável e bem-vinda, nem que seja por ultrapassar tabus culturais que persistiam há séculos.

O grande problema da pornografia está no seu dark-side:

  • Exploração de mulheres e homens
  • Desrespeito pela condição humana
  • Abuso de pessoas em posições desfavorecidas e indefesas, especialmente crianças

Isto é, a Internet dos tarados.

O grande problema é que é difícil delimitar onde termina a pornografia “saudável” e onde começa a pornografia da “taradice”. Infelizmente, esta última é demasiado fácil de encontrar, demasiado fácil de aceder, demasiado difícil de inibir.

A propósito, o Pedro Rebelo revelou finalmente a sua listagem de pesquisas insólitas. Pelos piores motivos, dêem uma vista de olhos ao terceiro elemento da listagem e à nota de rodapé. A verdadeira taradice.

A nós, cidadãos responsáveis, não nos cabe censurar, eliminar, julgar ou repudiar a pornografia. Cabe-nos avaliar se o que está disponível não contraria a nossa legislação nem, acima de tudo, a Declaração Universal dos Direitos Humanos. Caso contrário é preciso agir.

Última actualização: 03/12/2010

Partilhe:

5 comentários a A Internet dos tarados

  1. SN Março 19, 2007 at 18:08 #

    Toda a gente sabe que a Internet é…

    http://video.google.com/videoplay?docid=5430343841227974645

  2. Pedro Pais Março 19, 2007 at 23:53 #

    Espectacular!!!

    For porn

    Não conhecia mas acho que o meu amigo concordaria em absoluto.

  3. For porn Março 20, 2007 at 20:21 #

    Concordo em absoluto. O gajo que inventou a internet diz que a criou para partilhar trabalhos e conhecimento, mas uma ova é que era. O gajo queria era saltar para a cueca da boazona do Departamento de Física Nuclear e partilhar depois as fotos dela com os amigos.

  4. Pedro Pais Março 20, 2007 at 23:53 #

    Eu gosto especialmente da parte “boazona do Departamento de Física Nuclear”. É uma imagem que deve apenas existir na ficção 🙂

  5. Jose Simoes Maio 7, 2009 at 11:06 #

    O texto é igual ao que li quando surgiram as cassetes vídeo e a tv-cabo.

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa