Atalhos

Ajudar-se a si ajudando o blog

Por decisão da Deco (Proteste) este blog deixou de poder participar no programa de afiliados, pelo que o texto abaixo já não se aplica. Já agora, para que dúvidas não restem, o FinancasPessoais.pt não tem (nem quer ter) qualquer relação com a Deco, Proteste e empresas/marcas afins.

Se o FinancasPessoais.pt já alguma vez lhe foi útil, esta é a melhor oportunidade de ajudar, ajudando-se a si ao mesmo tempo.

Para tal, basta subscrever gratuitamente a Deco Proteste durante 2 meses, podendo desistir até 1 mês após a subscrição, sem quaisquer encargos.

Ao subscrever a Deco Proteste tem acesso a:

  • Acesso completo ao portal da Deco (com simuladores, artigos, comparativos, etc…);
  • Acesso ao serviço de escolhas acertadas por telefone (que lhe permite saber rapidamente qual é a melhor escolha para produtos que pretende comprar);
  • Aconselhamento jurídico e fiscal por telefone;
  • Revista Proteste (uma por mês);
  • Revista Dinheiro & Direitos (uma cada dois meses);
  • Revista Teste Saúde (uma cada dois meses).

Além de tudo isto, ainda ajuda o FinancasPessoais.pt, que recebe uma comissão por cada pessoa que se registe, mesmo que usufrua apenas do período experimental. Obrigado.

Como desistir

Se não quiser continuar a subscrição da Deco Proteste após o período experimental, basta enviar um e-mail a informar dessa decisão no prazo máximo de 1 mês após o início da subscrição. O email deve ser enviado para assinaturas@deco.proteste.pt , com o texto seguinte:

Exmos. Srs.,

Venho por este meio solicitar a desistência da subscrição dos vossos produtos, após o período experimental de que estou a usufruir. Os meus dados de cliente são:

Nome: <nome>
Número de sócio/subscrição: <número>
Morada: <morada
e-mail: <e-mail>
Telefone: <e-mail>

Com os melhores cumprimentos,
<nome>

Mesmo após o período experimental pode sempre desistir em qualquer altura, sendo-lhe apenas cobrado o mês em curso.

Espero que aceite esta sugestão de bom grado e aproveite as sugestões da Deco para efectuar as melhores escolhas para as suas Finanças Pessoais.

Última actualização: 09/09/2009

Partilhe:

24 comentários a Ajudar-se a si ajudando o blog

  1. fernando manuel simões ferreira Novembro 21, 2009 at 0:07 #

    Caro Pedro, não ligue á presunção da Deco, pois o sol quando nasce é para todos mas pensam que só eles é que tem direito a ele. já fui sócio mas as mensalidades começaram por ser muito altas para a minha bolsa, dizem-se eles defensores do consumidor, têm de olhar-se ao espelho.
    O seu blog é mais importante. siga em frente.

  2. Maria A. Novembro 22, 2009 at 16:19 #

    Só quero dizer que concordo plenamente com o sr. Fernando Ferreira. Este blog tem-me ajudado muito em diversos assuntos. Obrigado e continue pois faz-nos muita falta ter assim alguem que ajuda sem qualquer interesse.

  3. Manel Maio 16, 2012 at 10:47 #

    Caro Pedro, obrigado por manter este texto no seu Blog, foi-me muito útil.
    Desistir das subscrições por email é muito prático e eles dão essa opção, só que encontrar o endereço para o efeito lá no site é como procurar agulha em palheiro.

  4. Alberto Janeiro 27, 2015 at 15:14 #

    Em relação ao cancelamento da subscrição da Deco Proteste:
    Já activei no Banco (ex BES…) o cancelamento da autorização de débito.
    Além de contactar a Deco no mesmo sentido, claro (26 de Janeiro de 2015).
    Sei que ainda poderei ter que pagar uma revista mas serei eu a fazê-lo, penso eu!
    Espero que o Banco não pague quando aparecer mais um débito… não será a primeira vez que acontece a alguém…é uma vergonha mas é o que temos…
    A Deco ainda não disse nada, 24 horas depois… muito trabalho…

    Pedi o cancelamento da subscricão pelo site e vários endereços de mail, entre os quais o assinaturas@deco.proteste.pt.
    Agora tenho que estar com ‘um olho no burro e outro no cigano’…
    Isto é, ver se a Deco me diz alguma coisa e ver se não aparecem débitos no Banco…

    Grande blog!

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa