Atalhos

Facturação: formação grátis em todo o país

A InvoiceXpress vai promover acções de formação grátis sobre facturação, entre o final de Fevereiro e início de Abril, um pouco por todo o país. Esta formação será especialmente interessante para empreendedores e micro-empresas, uma vez que terão acesso a algumas das melhores práticas no processo de facturação e ficarem assegurados que cumprem com os novos requisitos fiscais de emissão e comunicação de facturas. Inscreva-se!

As formações têm a duração de 2 horas e a seguinte agenda:

  1. O workflow de facturação
  2. As regras para emissão de documentos
  3. As novas regras de facturação – Novos Documentos
  4. Obrigatoriedade da Emissão de Facturas
  5. Comunicação à Autoridade Tributária

Estas formações são proporcionadas pela InvoiceXpress, que disponibiliza uma aplicação online de facturação, já utilizada por milhares de empresas de serviços, freelancers e profissionais liberais. No caso de estar interessado na sua utilização, pedimos-lhe que utilize o código “pedropais_fjuc9“, que lhe dá a si um desconto de 10% e a nós uma comissão. De qualquer forma, pode experimentar sem custos ou compromissos durante 30 dias.

Relativamente aos processos de facturação, gostaríamos de conhecer quais são as principais dificuldades com que se depara, quer operacionais quer em termos de cumprimento com as obrigações fiscais. Por favor deixe-nos o seu comentário.

, ,

7 comentários a Facturação: formação grátis em todo o país

  1. Ana Santana Fevereiro 27, 2013 at 9:07 #

    Bom dia,
    Encontro-me neste momento a analisar vários programas de facturação para eventualmente comprar um (ou utilizar um grátis). Gostaria de saber se tem sugestões acerca de programas de facturação. Em relação aos programas online, são fidedignos? Existe garantia de protecção de dados? Qual a sua sensibilidade neste assunto? E os programas grátis são uma opção viável? O objectivo é para uma micro-empresa (sociedade unipessoal por quotas) de prestação de serviços, com um volume de facturas de 2 por mês.
    Obrigada

    • Pedro Pais Fevereiro 27, 2013 at 10:28 #

      Ana, de forma genérica a utilização de um programa online de facturação implica necessariamente confiança no prestador de serviços, algo que se vai conquistando ao longo do tempo, mas acarreta diversas vantagens, nomeadamente o facto de estar disponível em qualquer lado, backups assegurados, adequação às normas vigentes e afins.

      Pesando os prós e os possíveis contras, sou em geral favorável à utilização de uma solução online de facturação.

      Quanto a programas grátis, tenho sempre alguma desconfiança, especialmente porque se trata de um assunto relativamente sensível, mas podem existir soluções boas. Contudo, não tenho experiência relevante com as mesmas.

    • Pedro dos Santos Fevereiro 27, 2013 at 11:27 #

      Ana,

      Os softwares online em termos de protecção de dados conferem uma segurança extra em relação a um software desktop. Nomeadamente as cópias de segurança automáticas.

      Não tem de se preocupar com constantes backups dos dados que tem no disco. Em relação ao InvoiceXpress (disclaimer: faço parte da equipa) essas cópias de segurança são feitas duas vezes ao dia. Pode consultar aqui mais detalhes sobre a segurança praticada no nosso software: http://pt.invoicexpress.com/security2/

      Qualquer dúvida não hesite em contactar-nos! 😉

  2. Carlos Fevereiro 27, 2013 at 16:50 #

    Boa tarde,

    Relativamente ao tema, pedia esclarecimento relativamente ao novo regime de faturação aplicavel às associações sem fins lucrativos.

    A facturação aos associados de Quotas, joias, formações, donativos…
    As regras para emissão de documentos
    As novas regras de facturação – Novos Documentos
    Obrigatoriedade da Emissão de Facturas
    Comunicação à Autoridade Tributária

    Sugestão do software nacional de faturação gratuito “http://www.projectocolibri.com/”

    Obrigado

  3. Susana Março 12, 2013 at 12:17 #

    Boa tarde.

    Tenho uma dúvida em relação às guias de transporte. Como processo em relação ao transporte das ferramentas de trabalho, dos Equipamentos de Segurança dos trabalhadores e, por exemplo, das escadas?
    Tenho que passar uma guia diariamente? E as guias podem ser as de bloco que se mandam fazer nas tipografias ou tem que ser uma emitida através do programa de faturação?
    Obrigada

  4. Rui Almeida Março 16, 2013 at 6:59 #

    De borla e bom ….. não nos podemos queixar. Obrigado Pedro.

    http://pantominocracia.blogspot.pt/
    Um espaço de opinião que nos leva da Democracia à Pantominocracia

  5. Fred Abril 10, 2013 at 10:00 #

    Bom dia.

    Não sou muito de comentar, mas como é sobre um assunto em que eu no inicio do ano, andei perdido sem saber o que fazer, vou dar a minha opinião.

    EU tenho uma empresa familiar com alguns anos de vida, mas não deixa de ser uma micro empresa .

    Logo os custo das constantes actualizações, ou serviços que as mesmas exigiam todos os anos, tornaram-se insuportáveis.

    Logo A alternativa foi um programa de facturação online.

    Após muita pesquisa, entre muitas oferta, existentes, eu escolhi o http://www.keyinvoice.com/.

    Não acho caro para o que o mesmo oferece.

    Mas estive indeciso entre keyinvoice, invoicexpress e o outro que não sabia o nome.

    Mas tem atenção e observa bem as característica dos programas, as versões mais baratas, estão sempre limitadas, ou a volumes de facturação, o numero de documentos que se pode fazer por mês, tem de se ter atenção e escolher o que se adapta melhor a cada pessoa. outra coisa, encontrei varias lacunas em alguns.

    Exemplo, alguns não simplesmente não faziam listagens de saldos. um programa que não me faz uma listagem de quem me deve e a quem eu devo, acho um absurdo.

    Ate ao momento encontro-me muito satisfeito com a escolha que fiz.

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa