Atalhos

Melhores artigos de Outubro



Com o passar do tempo o FinancasPessoais.pt vai tendo cada vez mais artigos, naturalmente. É um facto extremamente positivo, mas por vezes complica a vida aos novos leitores. Para ajudar todos, decidi que no início de cada mês publicarei um artigo, equivalente a este, com ligações para os artigos que considero terem sido os melhores. Espero que seja útil.

A lembrar: se quiserem procurar um artigo em específico, podem utilizar a caixa de pesquisa (lá em cima, do lado direito) ou procurar por datas na barra lateral (do lado direito).

Mas para não perder pitadinha o melhor é mesmo subscrever o blog, por e-mail ou por RSS.

Última actualização: 04/12/2010

Partilhe:

13 comentários a Melhores artigos de Outubro

  1. Sérgio Novembro 8, 2007 at 12:40 #

    Enviei um comentário ontem, mas fiquei na dúvida se foi mesmo enviado.

    Tenho um dúvida e queria ver se me podia esclarecer, tenho um credito habitação recente, e estou no periodo de carência, desde Abril que a minha prestação altera mensalmente, apesar de ser com Euribor 3 meses.

    Isto acontece devido a alterações nas formas de cálculo a partir de abril, que faz com que dependente dos dias do mês pague valores diferentes?
    E como só pago juros noto esta diferença, se não fosse no periodo de carência, uns meses amortizava mais do que outros, mas a prestação mensal mantinha-se. A explicação que me deram, queria ver se tinha algo para adicionar a este esclarecimento.

    Aproveito para dar os parabéns ao blog, gostei bastante e já tenho um link no meu blog para aqui.

    obrigado

  2. Pedro Pais Novembro 8, 2007 at 14:22 #

    Olá Sérgio.

    Qual tem sido a variação da prestação? É um valor muito muito pequeno ou é algo de signficativo?

    Obrigado pelo link 🙂

  3. Pedro Pais Novembro 8, 2007 at 14:34 #

    De qualquer forma, à partida não deveria haver motivo para que a prestação se alterasse mês a mês (a não ser nos períodos de revisão de taxa).

  4. Sérgio Novembro 8, 2007 at 14:43 #

    posso dar-te valores concretos.

    Fev – 384.67
    Março – 389.03 (nova taxa)
    Abril – 387.78
    Maio – 400.71
    Junho – 413.26 (nova taxa)
    Julho – 427.03
    Agosto – 427.03
    Setembro – 452.62 (nova taxa)

    Como vês, mesmo sem aplicações da nova taxa ouve variações grandes, como Abril para Maio por exemplo.

  5. Pedro Pais Novembro 8, 2007 at 22:50 #

    Epá, isso é estranho. Não devia variar mês a mês.

    Eles já te deram alguma explicação em primeira mão?

  6. Oscar Novembro 9, 2007 at 0:11 #

    Tens de utilizar uma ferramenta para calcular as amortizações com taxa variável assim descobres se eles estão a fazer bem.

  7. Sérgio Novembro 9, 2007 at 9:25 #

    e explicação que deram foi provisória, porque mesmo naquela agência, não me conseguiram dizer muita coisa, tiveram que telefonar para os serviços centrais para saber mais alguma coisa, mas agora estão à espera de uma explicação detalhada por escrito.

    o que me dizem é que é derivado à nova forma de cálculo que entrou em vigor em abril. e que agora com o cálculo tem como base os 365 dias do ano…

    no meu caso que só estou a pagar juros devido ao periodo de carência noto diferenças nas prestações, que nos outros casos, o valor a amortizar e juros também variam todos os meses, mas nesses casos mantém a prestação igual, porque uns meses amortiza menos do que outros.

  8. Pedro Pais Novembro 11, 2007 at 20:20 #

    Só se foram alguns acertos devido a essa mudança de cálculo.

    Mas se fosse a ti pedia que me explicassem, passo-a-passo, como é que chegaram a esses valores.

    Abraços.

  9. Sérgio Novembro 12, 2007 at 9:20 #

    é isso que estou a fazer, mas nem no próprio balcão me sabem explicar como deve de ser, estão à espera que chegue a explicação detalhada dos serviços centrais para eles proprios ficarem a saber, mas entretanto tb vou transferir o meu crédito, não me baixam o spread conforme quero.
    algum conselho sobre os melhores bancos actualmente para credito habitação ? actualmente está no millenium.

  10. Pedro Pais Novembro 13, 2007 at 0:41 #

    O melhor banco é sempre aquele em que não estamos 🙂 É nesses casos que eles têm tendência a fazer boas ofertas. O problema é depois…

    Se fosse a ti faria um pequeno estudo de mercado e tentaria perceber qual é o banco que funciona de forma mais transparente e que atenta menos contra os teus direitos.

    Não vai ser fácil, mas acredito que chegarás a um resultado positivo.

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa