Atalhos

Poupar muito dinheiro em hotéis

É do conhecimento geral que hoje em dia é possível poupar dinheiro na reserva de hotéis recorrendo a sites de reservas, tais como Booking ou Destinia, entre outros, ao invés de recorrer às vias mais tradicionais. Ainda assim, é possível levar essa poupança mais longe, através de duas dicas que divulgamos neste artigo, que se usadas em conjunto irão de forma segura traduzir-se em mais dinheiro no seu bolso.

2 dicas para poupar muito dinheiro em hotéis

1. Consultar agregadores de sites de reservas

Os agregadores de sites de reservas, entre os quais se contam o Trivago e o Momondo, permitem-lhe encontrar preços de hotéis numa imensidão de sites de reservas, pesquisando nos mais conhecidos mas também noutros menos habituais. Isto quer dizer que a probabilidade de encontrar um preço mais baixo é muito grande.

A título de exemplo, usando um destes agregadores para uma estadia de 7 dias num hotel específico no Algarve conseguimos encontrar preços 30% mais baratos do que num dos sites de reservas mais conhecido. 30%!

Ao utilizar estes agregadores vai contudo deparar-se com o facto de lhe serem apresentados diversos sites de reservas de que nunca ouviu falar, o que lhe pode e deve provocar alguma desconfiança, o que nos leva à 2ª dica.

2. Negociar o preço directamente com o hotel

Após encontrar um preço competitivo, recorrendo à nossa 1ª dica, o passo seguinte é negociar directamente com o hotel onde pretende ficar alojado, o que habitualmente lhe garantirá um desconto adicional de 5% a 10%. Não se assuste, não precisa de ser um especialista em negociação, porque é um processo muito simples e funciona (já testámos a título pessoal), permitindo-lhe poupar dinheiro e obter segurança adicional, uma vez que a reserva fica garantida junto da entidade onde pretende ficar alojado.

Isto é possível porque se efectuasse a sua reserva através de um site de reservas o hotel teria de pagar uma comissão a este intermediário, pelo que ao oferecer o desconto ao cliente final acaba por poupar dinheiro; é bom para si e para o hotel. Aliás, grande parte dos hotéis menciona nos seus próprios sites a existência de uma garantia de melhor preço, nem sempre de forma evidente.

Ok, e como é que isto funciona, em termos práticos?

  1. Recorrendo à dica 1, identificar o site de reservas que lhe oferece o preço mais barato para o que pretende.
  2. Sem concretizar a reserva avançar no processo até lhe ser apresentado o preço final e condições da reserva.
  3. Obter uma cópia dos dados apresentados no passo anterior (screenshot, impressão, etc).
  4. Contactar directamente o hotel, preferencialmente por telefone, pedir para falar com o departamento de reservas, e dizer algo do género: “Boa tarde, estou a ligar porque gostava de ficar alojado no vosso hotel entre as datas Y e Z. Ao consultar o site de reservas X encontrei um preço de W e gostava de saber o que é necessário para obter um preço mais competitivo efectuando a reserva directamente convosco”. Na generalidade dos casos o hotel está aberto à concessão de um desconto, pedindo-lhe que envie informação comprovativa do preço e condições encontrados (passo 3).
  5. Após a confirmação da informação requisitada, o hotel irá habitualmente dizer-lhe como deve proceder para garantir a sua reserva a um novo preço, com desconto de 5% a 10% do melhor preço anteriormente encontrado.

No improvável caso de não lhe concederem o desconto, o que deve ser raro, tente perceber se existem alguns indícios sobre se o hotel costuma trabalhar com o site de reservas que encontrou através do agregador, para ter a certeza que o mesmo é de confiança, caso não seja um dos mais conhecidos.

Resumo da poupança

Estimamos que utilizando as dicas que apresentamos pode obter uma poupança acumulada entre 15% a 35%, ou para um alojamento de € 1.500 algo como € 225 a € 525. Não lhe podemos assegurar que conseguirá sempre obter este tipo de descontos, mas tentar é uma questão de investir algum tempo, com um potencial de retorno muito elevado.

Última actualização: 19/05/2014

Partilhe:

, , ,

29 comentários a Poupar muito dinheiro em hotéis

  1. Pete Junho 12, 2014 at 13:59 #

    Para alguns hotéis/aparthoteis o Logitravel é mais barato que o booking

    • taxista Junho 19, 2014 at 20:23 #

      boas comprei agora 1 viagem po dubai atraves da logitravel voo+hotel+carro e poupei em relaçao as agencias com balcao 1600€ mt guito mm !!!!!!!!!

  2. Hugo Martins Setembro 2, 2014 at 12:15 #

    A dica nº2 funciona melhor do que a dica nº1, os preços nos variados sites que vendem hotéis difere menos do que o que é apresentado em sites como o Trivago. O preço apresentado pelos mais caros é preço final, normalmente o preço apresentado pelos mais baratos tem uma taxa final que aproxima o preço aos mais caros, isto é extensível por exemplo ao comprar voos na Edreams que apresenta sempre um preço 10 euros inferior aos das próprias companhias mas depois mete uma taxa de 15 euros que faz com que o preço suba e por vezes ultrapasse. A dica nº2 normalmente funciona, ver o preço no booking e depois ligar para o hotel, há quem faça o mesmo quando compra uma casa, vê a casa numa agência e depois faz o negócio com o proprietário.
    Excelente artigo, parabéns.

  3. Sandra Fragoso Agosto 12, 2015 at 9:51 #

    Bom dia,

    Gostaria que me dessem a vossa opinião pf.

    Conhecem a agência de viagens Ricky Travel? Será de confiança? Pergunto isto porque vi uma reserva para uma semana no Algarve em epoca alta, 30% mais barata que no Booking ou mesmo comparando com o preço indicado directamente no site do hotel.

    Estou bastante desconfiada que pode ser uma proposta falsa, e como têm muito mais experiência nestas matérias que eu, se me pudessem dar o vosso feedback, adoraria.

    Muito obrigada

  4. Alexandre Agosto 12, 2015 at 18:08 #

    Sandra, pessoalmente não conheço a Ricky Travel. Há muitos anos que uso o Booking, beneficio de 10% de desconto e nunca senti necessidade de mudar. Tenha em atenção as palavras do Hugo Martins e verifique se o preço final é mesmo esse. Pode tratar-se de um “last-minute”, por exemplo por desistência, e então é uma boa oportunidade. Quanto à agência, ela está registada e o site tem toda a informação disponível e tem morada física. Tudo leva a crer que não se trata de nenhuma proposta falsa… mas ligue, fale com eles, pergunte porque têm esse preço! Boas férias.

  5. João Sousa Fevereiro 8, 2016 at 0:35 #

    Booking foi quem iniciou, há muitos anos atrás, a possibilidade de podermos nós fazer reservas online para os hoteis, e nessa altura já tinha uma “máquina montada”, que nem queiram imaginar.
    Só depois é que vem todos os outros, Destinia (Expedia) maior exemplo, com grandes problemas no inicio com hoteis e com clientes, agora está bem a funcionar.
    Pela minha experiência pessoal e como profissional no setor hoteleiro os meus eleitos são Booking e Expedia, pela segurança, apoio e preço apresentado.
    Pode-se poupar algum dinheiro com outros operadores deste tipo “on line”, mas em alguns casos, poderemos não ter suporte, caso exista problemas
    Ficam as dicas: Os preços? São sempre os hoteis que os fazem!
    Os comentários/reviews são os clientes!

  6. soraya Fevereiro 23, 2016 at 21:08 #

    E o site 7 ideias alguem sabe? É atravez do trivago. Obgda

  7. Marta Andrade Dezembro 17, 2016 at 22:23 #

    Recentemente fiz uma reserva num novo site http://www.verhoteis.com e inicialmente estava com muitas dúvidas porque o valor da reserva era bastante mais barato que a Booking e que a Logitravel, embora fosse para apenas 2 noites ficava mais barato 45€. Resolvi ligar e fazer a reserva, correu tudo muito bem e ainda me ligaram após ter saído do hotel para saber se tinha gostado
    Fiquei satisfeita irei agora sempre comparar com este novo site.

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa