Atalhos

Sabe como é calculado o valor que paga pelo seu lixo? E é justo?

Em média cerca de 20% do valor da factura da água é relativa à tarifa de resíduos sólidos, isto é, ao tratamento do lixo que geramos em casa. Esta componente tem habitualmente uma parte fixa e outra variável, sendo que a última costuma ser calculada em função do consumo de água: quanto mais água consumimos, mais pagamos de resíduos.

A situação descrita não é justa nem equitativa, porque não recompensa a separação e reciclagem dos resíduos por parte das famílias na sua factura.

A situação descrita não é necessariamente justa, porque não tem em conta o lixo efectivamente produzido por cada família, nem o nível de reciclagem praticado e que tem um efeito positivo em todo o processo.

Cabe assim aos consumidores fazer pressão para que sejam adoptadas soluções mais justas no calculo dos resíduos e incentivadoras de comportamentos ecológicos.

Ciente desta situação, a DECO está a promover a iniciativa Lixo Não é Água, onde incentiva os consumidores a assinar um manifesto de apoio à criação de um sistema alternativo de cobrança do serviço de resíduos sólidos urbanos, que é directamente enviado aos municípios e entidades gestoras.

Ao aderir à iniciativa tem ainda acesso a dispositivos de redução de consumo de água (e.g., redutores de caudal) a preços mais reduzidos. Pode começar a poupar água e reduzir a sua factura, agora!

Já alguns milhares de portugueses aderiram a esta iniciativa. Se concorda com a promoção de comportamentos mais ecológicos, aumentando a separação e reciclagem e quer ter uma compensação na factura por essa boa prática, participe também.

, , ,

3 comentários a Sabe como é calculado o valor que paga pelo seu lixo? E é justo?

  1. António Pacheco Novembro 6, 2017 at 23:05 #

    Peço desculpa mas tudo o que sai da DECO não me merece confiança…

  2. André Novembro 15, 2017 at 9:53 #

    Os links partilhados (DECO) não parecem estar a funcionar:
    “The requested URL /2yYuzgg was not found on this server.”

    • Miguel Sousa Novembro 15, 2017 at 14:56 #

      @André, obrigado. Parece ter havido algum problema temporário, já deve estar resolvido.

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa