Atalhos

Sabe quanto gasta por mês?

Artigo cedido por Catarina / Boonzi

Sabe quanto gastou em vestuário no ano passado? E em alimentação? E com o automóvel?

Faz parte dos 30% dos portugueses que sabem exactamente quanto gastam por mês?

Numa altura em que somos obrigados a um rigoroso controlo orçamental, são ainda muitas as pessoas que não conseguem responder às perguntas acima ou cuja resposta fica longe da realidade. Sem um controlo exacto e regular de cada uma das despesas, é muito fácil iludirmo-nos e gastarmos bastante mais do que julgamos. Veja abaixo 3 surpresas frequentes.

Surpresa 1 – Despesas com vestuário

À pergunta “quanto gasta em média com vestuário” ouvimos frequentemente a resposta “gasto um «bocado», mas não mais de 35€ por mês!”. Ao que perguntamos: lembrou-se de incluir a roupa da passagem de ano? E o fato/vestido daquele casamento no Verão, ou da festa da empresa? Incluiu aquele acessório que comprou para a entrevista de emprego? “Ah, mas isso não vale” – dizem-nos. “Isso são imprevistos”.

Imprevistos que podem facilmente ascender aos 300€/ano, fazendo a expectativa dos 35€/mês subir para os 60€/mês. Quase o dobro!

Surpresa 2 – Despesas com Restauração

Depois, temos o caso do Consultor bem remunerado que diz achar que gasta muito em restauração. Mas o quão muito?

No mundo da consultoria e outsourcing são habituais o almoço diário com colegas ou clientes no restaurante da zona e o jantar semanal de equipa no restaurante do momento com a conta a dividir por todos.

Depois de levantar todos estes gastos, rapidamente uma expectativa alta se transforma numa surpresa aterradora, com a descoberta de que as despesas com restauração afinal são responsáveis por consumirem acima de 35% do orçamento mensal.

Surpresa 3 – Despesas com Cafetaria

Contrariamente ao Consultor temos o Estudante Universitário, que tendo um orçamento limitado, tem que optar por almoçar na cantina por um preço bastante em conta – cerca de 2,5€/refeição. A surpresa surge quando se somam todas as despesas acumuladas no bar ao longo do dia – o croissant, o café, a tosta mista, o bolo e, por vezes a imperial ao fim da tarde -, e se descobre que os gastos com cafetaria representam mais do dobro que os gastos com refeições.

Registe as suas despesas!

Estas são apenas algumas das muitas surpresas que só conseguimos evitar conhecendo com exactidão os nossos hábitos de consumo. Isto implica que registe e categorize todas as suas despesas. Pode fazê-lo de 3 formas:

  1. Sempre que efectua uma despesa, registe-a num papel ou no telemóvel, indicando a sua categoria (exemplo: “restauração”);

  2. Semanalmente, passe o seu extracto bancário para uma folha de Excel e categorize cada movimento;

  3. Utilize uma app ou software que ajude a registar e controlar todos os gastos

Registar e categorizar despesas é algo que implica algum esforço e tempo. Porém, é essencial que o faça para conhecer perfeitamente os seus hábitos de consumo e descobrir onde está a gastar demais e onde pode fazer ajustamentos. O conhecimento preciso e controlo dos hábitos de consumo permite poupar centenas ou milhares de euros por ano e ajuda-o a assegurar que dá o melhor destino possível ao seu dinheiro.

Recorra a softwares de controlo de despesas

Existem vários softwares que ajudam a fazer o registo e análise de despesas. Em Portugal, temos o Boonzi que permite importar, de uma forma simples, os extractos bancários de todos os bancos nacionais, ajudando ainda a fazer a categorização de cada despesa automaticamente. Ou seja, todo o trabalho de registo e catalogação de despesas que consome tempo e esforço, fica feito em um ou dois minutos usando este software, permitindo-lhe ainda analisar vários relatórios e criar orçamentos.

Já tínhamos falado do Boonzi, e mantemos para os nossos leitores o desconto de 10€, disponível através deste link.

Boonzi - Importação de extractosEm resumo

Não existe nenhuma forma de saber quanto gasta realmente por categoria sem que registe todas as suas despesas durante alguns meses e depois calcule as médias. Só assim conseguirá contornar as surpresas e ganhar o controlo sobre o destino de cada euro. Poderá fazê-lo usando uma simples folha de papel, um documento Excel, ou mesmo recorrer a softwares especializados no controlo de despesas, como o Boonzi.

Um bom conhecimento dos seus hábitos de consumo poderá assegurar poupanças anuais na ordem das centenas ou milhares de euros. A melhor forma de cortar nas despesas supérfluas passa por saber e controlar exactamente onde anda o seu dinheiro.

, , ,

6 comentários a Sabe quanto gasta por mês?

  1. Dav7 Setembro 27, 2013 at 12:02 #

    Eu utilizo uma folha Excel para controlar os meus “gastos maiores”, pelo menos para já, mas pondero começar a controlar também os gastos com restauração, gasolina, etc…

    Só não o fiz ainda porque sei que vou apanhar uma desilusão quando me aperceber do quanto gasto por mês !!

  2. Maria Outubro 8, 2013 at 14:23 #

    Poderiam me deixar um programa de controle de despesas simples em execel, mas gratuito?
    Obrigada pelo seus artigos sempre uteis.

    MJ

  3. Eu Outubro 21, 2013 at 21:01 #

    o Microsoft money é gratuito e excelente. eu uso ha 10 anos!
    http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=20738

Trackbacks/Pingbacks

  1. Como poupar 500€ anuais mudando pequenos hábitos | Boonzi - Finanças Pessoais | Literacia Financeira | Orçamento Familiar - Janeiro 29, 2014

    […] pensamos em poupar temos tendência a reduzir ou alterar os nossos hábitos de consumo nas categorias mais óbvias – compras de supermercado, vestuário, pequenos luxos pessoais, […]

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa