Atalhos

Saiba [quase] tudo sobre créditos habitação



Recentemente o Banco de Portugal publicou um guia informativo sobre crédito habitação, que explica todos os procedimentos relacionados com a contratação, reembolsos e renegociação do crédito habitação.

O guia de que falo é de leitura obrigatória para quem está a pensar contratar ou já contratou um crédito habitação, até porque é de fácil leitura, sendo que destaco os seguintes temas:

  • Quanto devo pedir emprestado? (Pág. 2);
  • Como comparar propostas alternativas para um empréstimo? (Pág. 9);
  • Como reembolsar um empréstimo à habitação. (Pág. 13).

Aqui no blog temos falado exaustivamente destes temas (Taxa fixa, a opção certa?, Limitação das comissões sobre amortizações antecipadas, entre outros), mas é sempre bom uma entidade oficial criar um guia tão relevante.

Por último, resta-me relembrar-lhe que no blog existem várias ferramentas que o podem ajudar a tomar melhores decisões no que diz respeito ao crédito habitação:

Última actualização: 26/11/2013

Partilhe:

, ,

16 comentários a Saiba [quase] tudo sobre créditos habitação

  1. Sílvio Évora Março 4, 2011 at 11:08 #

    Bom dia.

    Queria saber a vossa opinião sobre uma situação, que considero ilegal, sobre uma concessão de crédito habitação.

    Fiz um pedido de crédito habitação junto do BBVA, aprovado no dia 31 de Novembro de 2010. Quando o mesmo foi aprovado recebi apenas um e-mail com as condições da atribuição do crédito e não me foi dado qualquer documento para assinar (agora sei que viola as normas do BdP), nem se quer vinha o espread aplicado. Enviei um mail a perguntar qual era o spread a aplicar e a validade da aprovação. Enviaram-me (por mail) a tabela de spread (1,05%) e que a escritura teria de ser feita até 28 de Fevereiro de 2011. Durante o mês de Dezembro reuni toda a documentação solicitada e regressei à agência para pedir a avaliação da casa. Em Janeiro, depois do relatório emitido e assinado o contrato de cv com o proprietário foi me informado que a tabela de spread tinha sido alterado para 1,4%. Revoltado porque sempre me fizeram querer que o spread de 1,05 seria válido até a escritura, questionei o gerente (mais uma vez por mail) e a resposta foi de que o banco entretanto mudou as regras. Mias uma vez não me deram nenhuma FIN. O processo continuou e só a menos de 48 horas antes da escritura recebi a FIN e o documento complementar onde constava um spread, não de 1,05%, nem 1,4%, mas sim de 2.0%.

    Já fiz um queixa ao Banco de Portugal e estou a aguardar resposta.

    Acham que deveria ponderar uma acção judicial contra a entidade credora, caso a situação inicial não seja reposta?
    Estaremos perante um situação de publicidade enganosa?
    Quanto é que me custará o processo em honorários de um advogado?

    Muito obrigado,

    Sílvio Évora

  2. valter Julho 11, 2011 at 16:03 #

    Boa tarde,

    Fiz credito habitação na caixa Galicia em Janeiro 2011, obtive um bom spread de 0.65 valido para todo o emprestimo, 40 anos, correspondente a uma taxa de esforço de 32% para um credito de 85000 €. E possivel o spread ser aumentado????

  3. Rui Oliveira Maio 5, 2012 at 10:39 #

    Bom dia Pedro. Gostaria que me ajuda-se numa questão, como é calculada a taxa de esforço pelo banco BPI em concreto?

    Obrigado

  4. Rui Oliveira Maio 5, 2012 at 11:04 #

    Outra questão que faço é, no caso concreto do BPI qual o tipo de prestação, mista ou constante, é melhor? Qual aconselha?

    Obrigado

  5. Marcio Junho 25, 2012 at 16:05 #

    boas

    pretendo adquiri casa e questiono qual o banco com melhores condiçoes para o fazer ?
    cump.

  6. Rosa Mateus Setembro 23, 2013 at 20:18 #

    Olá Pedro

    Ao consultar o meu crédito à habitação através da caixa direta verifiquei que refere tenho prestações constantes de capital e juros -método francês. Não percebi. Significa que pagarei sempre o mesmo valor de prestação? A verdade é que até agora a minha prestação altera de acordo com a euribor euribor.
    Outra dúvida que tenho é se fizer amortização antecipada do empréstimo alterando também o prazo o banco, neste caso, a CGD, poderá esta subir o spread? O meu é actualmente 0,5.
    Obrigada Pedro

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa