Atalhos

Calculadora Segurança Social trabalhadores independentes



Desde a introdução do novo código contributivo que anualmente em Outubro a Segurança Social apura a base de contribuição dos trabalhadores independentes, que como o nome indica é o valor ao qual será aplicada a taxa contributiva (tipicamente 29,6%) para se apurar o valor/contribuição a pagar mensalmente.

Na realidade, embora o trabalhador independente tenha uma base de contribuição (escalão) atribuída, existe a opção de escolher outra, dentro de certos limites e dependendo do rendimento relevante. Ainda de mencionar que em Fevereiro e Junho de cada ano o trabalhador pode pedir a alteração da base de incidência contributiva aplicada, dentro dos limites mencionados.

Se é trabalhador independente (ou se está a fazer as contas a um possível cenário), é do seu interesse apurar antecipadamente quais serão os escalões por que pode optar e respectivas contribuições mensais, pelo que abaixo disponibilizamos uma ferramenta que lhe proporciona a informação sobre o escalão em que será enquadrado, a taxa aplicável ao seu caso e, finalmente, o pagamento mensal.

Adicionalmente, mesmo que a Segurança Social já tenha feito as contas por si, convém confirmar, não seria o primeiro caso em que estariam erradas.

Esperamos que lhe seja útil; utilize e divulgue pelos seus contactos.

Calculadora Segurança Social trabalhadores independentes

Contabilidade Organizada?
Tipo de actividade:
Valor de prestações de serviços (geral):
Valor de prestações de serviços (atividades hoteleiras e similares, restauração e bebidas):
Valor de vendas:

Como sempre, caso tenha alguma dificuldade ou encontre algum problema, por favor deixe um comentário.

Partilhe:

491 comentários a Calculadora Segurança Social trabalhadores independentes

  1. Joana Setembro 13, 2017 at 11:58 #

    Bom dia,
    Sou trabalhadora independente no primeiro escalão de contribuição à SS.
    Este ano a minha vida mudou e comecei a estudar…assim sendo os meus rendimentos são muito baixos(relevante inferior a 4000 eur no presente ano).
    Os cálculos do novo escalão são feitos agora em outubro tendo como referencia o ano anterior.
    Há alguma forma de eu provar que os meus rendimentos este ano são mutio baixos para ter direito à contribuição de 50% o IAS?
    Posso solicitar essa alteração no próximo mês de fevereiro de 2018? Ou terei mesmo que esperar até Outubro de 2018?
    Obrigada

    • Gabriel Setembro 17, 2017 at 22:44 #

      Infelizmente parece que o OP não monitora mais este post. Postei um comentário com uma pergunta a mais de um mês e ainda não tive qualquer resposta.

    • Miguel Sousa Setembro 21, 2017 at 15:58 #

      Às vezes as coisas escapam. Qual foi a questão?

    • Gabriel Simão Setembro 21, 2017 at 16:00 #

      A minha questão foi a seguinte: O valor de prestações de serviço/valor de vendas é mensal ou anual?
      Ou seja, o valor que metemos na calculadora é o valor mensal bruto ou o valor anual bruto?

    • Miguel Sousa Setembro 25, 2017 at 12:16 #

      Anual.

    • Gabriel Simão Setembro 25, 2017 at 12:30 #

      Obrigado Miguel!

  2. Anónimo Setembro 20, 2017 at 22:25 #

    A calculadora está a dar erro.

    • Miguel Sousa Setembro 21, 2017 at 15:58 #

      Qual o erro que lhe está a ser apresentado?

  3. Phil Setembro 22, 2017 at 23:10 #

    Quando optamos por pagar um escalao abaixo do estimado, o que acontece no final do ano? Ha um ajuste tendo de pagar-se o que falta para chegar aos rendimentos x 29,6%, ou nao?

    • Gabriel Simão Setembro 25, 2017 at 12:34 #

      Eu creio que o que acontece é uma redução dos benefícios. Passas a ter uma reforma mais baixa, de acordo com o escalão escolhido. E se calhar o valor total de outros benefícios também desce.

  4. Anónimo Setembro 25, 2017 at 22:11 #

    Hoje já funcionou. Obrigado!

  5. Nuno Outubro 2, 2017 at 19:04 #

    Boa Noite , tenho um familiar que é artista de circo nunca fez qualquer tipo de descontos ( não tem contratos) e pretende começar a fazer descontos unicamente para a Segurança social , podem me ajudar , o que é que ele tem de fazer e implicações? Quais os procedimentos?

    • Gabriel Outubro 3, 2017 at 20:43 #

      Creio que o seu familiar terá de abrir atividade nas finanças para depois tratar dos assuntos da segurança social. Não sei como fará para declarar rendimentos, mas provavelmente terá de passar recibos/faturas às finanças, o que implica também a possibilidade de pagar IRS ao final do ano. Mas não acredite no que eu digo uma vez que não sei do que estou a falar.

  6. Nuno Outubro 4, 2017 at 12:29 #

    Bom Dia,

    estou como trabalhador independete desde Janeiro de este ano (2017). Como manda a lei, estou isento um ano, visto ser a primeira vez que estou em tal situação. Agora a minha dúvida é a seguinte. A segurança Social irá se basear no que para calcular a taxa que me será aplicada em 2018? nos recibos que eu emito usando o site das Finanças?

    No artigo diz que a SS calcula o valor em Outubro? Irá calcular então a taxa baseada nos recibos que já emiti até agora? Ou fazem uma estimativa, visto que nem todos os meses tenho que passar recibos? Em média só preciso de passar o recibo de dois em dois meses, dependendo do volume de trabalho.

    Obrigado

  7. Maria Outubro 12, 2017 at 15:20 #

    Boa tarde ,

    Ainda não me entendo muito bem com os recibos verdes e preciso imenso de ajuda.
    Sou trabalhadora independente , num organismo publico, e trabalho a recibos verdes.
    Não me compensa em NADA. cortes e descontos atrás um do outro.

    Tentei calcular quanto seria a contribuição por mês e não percebo o resultado, admito.

    Resultado para 12014.80€ por 10 meses de contrato.

    Enquadramento facultativo
    Isento após 1 ano de contribuições com base em rend. relevante <= 6*IAS (€ 2.515,32)
    Rendimento relevante: € 2.402,96
    Taxa: 29,6%
    Escalão Base de contribuição Contribuição mensal
    50% do IAS * € 209,61 € 62,04
    1º € 419,22 € 124,09

    O que significa rendimento relevante ?
    Não é calculado sobre o valor global?

    Antecipadamente grata por qualquer informação acrescentada.

  8. Maria Outubro 12, 2017 at 15:24 #

    Relativamente ao comentário anterior, já me deu outra resposta a calculadora.

    Rendimento relevante: € 8.410,36

    Taxa: 29,6%
    Escalão Base de contribuição Contribuição mensal
    1º € 419,22 € 124,09
    2º * € 628,83 € 186,13
    3º € 838,44 € 248,18
    4º € 1.048,05 € 310,22

    Ficou a amarelo o 2º escalão.

    Fiquei sem perceber na mesma

    • Pedro Novembro 5, 2017 at 8:44 #

      Penso que, para efeitos de cálculo da contribuição para a segurança social, apenas é considerado 70% do valor total dos rendimentos.
      Ou seja, no seu caso, 12014.80 * 70% = 8410.36 de rendimento relevante.

    • Pedro Novembro 5, 2017 at 8:48 #

      A calculadora põe a amarelo o escalão que lhe vai ser atribuído automaticamente pela SS, para aquele valor de rendimento.
      Pode ainda requerer que lhe seja mudado o escalão para até dois acima ou dois abaixo. Ou seja, tendo sido atribuído o 2o escalão, pode pedir para descer para o primeiro ou para subir para o 3o ou 4o.

  9. Luciana R Outubro 24, 2017 at 10:29 #

    Bom dia, tenho um contrato em part time nas aec com uma escola, como o salário incide só sobre 4 horas só recebo bruto 188€ e desconto para a seg social 11% desse valor. Vou começa a trabalhar a recibos verdes mas sempre para a mesma entidade e irei receber cerca de 200 euros mensais. Vou ter de descontar para a seg social pelos dois “lados”?
    Obrigada

    • Pedro Novembro 5, 2017 at 8:51 #

      Ao ter descontos como trabalhadora por conta de outrém, penso que não terá de fazer descontos sobre os rendimentos como trabalhadora independente.
      Mas será melhor confirmar junto da SS… Envie-lhes uma mensagem pela seg. social directa que eles demoram mas respondem.

  10. César Novembro 9, 2017 at 8:21 #

    Bom dia.

    Gostaria de saber se, como trabalhador independente (formador) a recibos verdes, devo pagar Segurança Social mesmo nos meses em que não precisar de emitir qualquer recibo?

    Muito obrigado

Deixe uma resposta

FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa